FORMAÇÃO CULTURAL DE LEITORES PELO CINEMA: EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Ana Carolina MOREIRA OLIVEIRA, Andréia Nunes MILITÃO

Resumo


A presente proposta está vinculada ao Projeto de Extensão “Formação cultural de leitores pelo cinema” e tem como objetivo promover a alfabetização cultural por meio da seleção, análise, exibição e discussão de filmes de diversas temáticas. Depreende-se que o uso do cinema em sala de aula, seja na Educação Básica, seja no Ensino Superior é prática comum e largamente utilizada. Nesse sentido, nossa proposta visa adotar a linguagem fílmica para além da sala de aula, descolando de um processo de “pedagogização” do cinema, prática que leva a um processo de reducionismo da linguagem fílmica. A proposta metodológica intenciona aproximar teoria e prática para formar um público de leitor de cinema, especialmente a formação crítica dos alunos, professores e funcionários de uma escola pública da cidade de Dourados. A primeira etapa do projeto foi realizada com alunos do 1°, 2° e 3° ano da Escola Municipal Armando Campos Belo, situada em um bairro periférico da cidade de Dourados. Atualmente trabalhamos com 4° e 5° anos da Escola Municipal Izabel Muzzi Fioravanti. Os filmes são selecionados previamente e posteriormente são exibidos e discutidos de acordo com a temática proposta. A cada semana selecionamos um gênero fílmico diferente, dentre eles: curta-metragem, documentários, animações, longa metragem, etc. A recepção do corpo docente das duas escolas foi positiva, pois compreendem a importância da linguagem fílmica para o desenvolvimento das crianças. O projeto tem propiciado momentos de interação entre os alunos, despertando o interesse a participação na exibição e discussão dos filmes, contribuindo para o conhecimento cultural, desenvolvimento na organização de ideias, argumentação e expressão. Outro aspecto positivo é o incentivo ao gosto pela leitura e criação, pois muitos dos filmes discutidos são retirados de obras literárias, às vezes escritas pelo autor em forma de história e depois transformado em linguagem fílmica.

PALAVRAS-CHAVE: Formação Cultural de Leitores. Cinema. Escola Pública.

                                   


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.