Motivações para o retorno aos estudos de mulheres idosas na Educação de Jovens e Adultos no município de Dourados-MS

Isabela Freitas MELO, Andreia Nunes MILITÃO

Resumo


O trabalho em tela compõe a pesquisa de iniciação científica intitulada “O letramento e a alfabetização da mulher idosa na EJA”. Tem como objetivo mapear os motivos que levaram mulheres idosas a retomarem os estudos, problematizando as dificuldades vivenciadas durante sua vida por não saberem ler e escrever. Para isso, foi necessário coletar e analisar várias produções científicas referentes aos descritores letramento, EJA e mulheres idosas. Utiliza como procedimentos metodológicos: pesquisa bibliográfica, história oral e pesquisa documental. Apresenta como resultados parciais dados oriundos pesquisa documental realizada junto a Secretária Municipal de Educação de Dourados (SED) e dados contidos no Plano Municipal de Educação. Pode-se observar que o número de matrículas na Educação Básica em 2013 apresenta maior número de alunos inscritos nos Anos iniciais do Ensino Fundamental (19.659) e nos Anos Finais do Ensino Fundamental (13.398). Em relação à Educação de Jovens e Adultos pode-se observar que apresenta um baixo número de inscritos comparado aos outros níveis. Ainda com relação à matrícula na EJA, esta apresenta maior número de alunos nos Anos Finais (1034) do que nos Iniciais (309) que são ofertados por apenas seis escolas, aspecto que demonstra uma diferença na quantidade de procura nos níveis de educação. O menor percentual nos níveis iniciais pode estar relacionado com a dificuldade do adulto ou idoso de retornar à sala de aula, pois sua trajetória escolar esteve marcada pelo preconceito, exclusão social, trabalho infantil, dentre outros aspectos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.