COMPREENDENDO A DIVERSIDADE DOS SERES VIVO: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA PARA ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Autores

  • Diego de Lima Faganelli
  • Igor Vinícius Gonçalves Castro
  • Felipe da Silva Guimarães
  • Maria Eduarda Gomes Fernandes
  • Elizandra Oliveira Carvalho Mendonça
  • Valéria Flávia Batista-Silva

Resumo

O contato do homem desde criança com a natureza contribui substancialmente para a sua formação
enquanto agente responsável pela conservação ambiental. Diante disso, este trabalho teve como
objetivo apresentar uma sequência de atividades para o desenvolvimento dos conteúdos
relacionados aos seres vivos, envolvendo desde organismos mais simples até os mais complexos.
As atividades foram desenvolvidas para turma do 7º ano do ensino fundamental da Escola Estadual
Professora Iolanda Ally, em dois encontros, contemplando aula expositiva-dialogada, discussões e
aula prática, metodologias as quais foram desenvolvidas com o auxílio de livro didático e
microscópios. O primeiro encontro ocorreu no ambiente escolar, onde os bolsistas fizeram
questionamentos sobre o que é um ser vivo. Em seguida, foi realizada uma aula expositiva e
dialogada, identificando as características gerais dos seres vivos, com exemplos de organismos que
compõe cada reino. No final da aula realizou-se coleta de material em diferentes objetos presentes
em espaços variados da escola, como celulares, chão e vaso sanitário e, na palma da mão. As
amostras foram semeadas em meios de culturas individuais. O segundo encontro ocorreu na
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Para visitação dos laboratórios e espaço externo da
universidade, os alunos foram divididos em dois grupos. Os alunos participaram de aulas práticas
sobre os reinos: I) Animalia, onde tiveram contato com animais de diferentes grupos (de cnidários
até mamíferos); II) Protista e Plantae, com visualização ao microscópio óptico de protozoários
ciliados e células vegetais, respectivamente e; III) Monera, com apresentação dos meios de cultura
semeados no encontro anterior. Os alunos foram questionados sobre a coleta microbiológica
realizada no ambiente escolar. Foi notória a surpresa dos alunos quanto ao crescimento das colônias
de bactérias, principalmente aquela que continha material coletado no aparelho de celular. Na
sequência, os alunos visitaram os laboratórios de pesquisa e o espaço externo da universidade.
Durante as atividades os alunos realizaram vários questionamentos, os quais foram esclarecidos
com mais facilidade, uma vez que foram utilizadas metodologias práticas para a exemplificação.
Isso ratifica a importância de contextualizar o conteúdo a ser trabalhado em sala de aula,
diminuindo a monotonia das aulas tradicionais do ensino de ciências.

Downloads

Publicado

31/10/2019

Como Citar

Faganelli, D. de L., Castro, I. V. G., Guimarães, F. da S., Fernandes, M. E. G., Mendonça, E. O. C., & Batista-Silva, V. F. (2019). COMPREENDENDO A DIVERSIDADE DOS SERES VIVO: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA PARA ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL. ANAIS DO EGRAD, 6(9). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/egrad/article/view/5968

Edição

Seção

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)