EDUCAÇÃO NUTRICIONAL COMO PRÁTICA DE PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DA SAÚDE NO ENFRENTAMENTO DA DIABETES MELLITUS

Fernanda de Souza Marques, Vivian Rahmeier Fietz

Resumo


Em função do aumento da expectativa de vida ao nascer, com consequente envelhecimento
populacional associado com a transição nutricional e hábitos de vida mais sedentários, estima-se
que em 2020 dois terços das enfermidades estarão relacionados com as doenças crônicas não
transmissíveis. Ressalta-se que a diabetes está dentre as que mais crescem. Essa situação parece
estar associada principalmente ao sedentarismo e a dieta inadequada que atuam como fatores de
risco e/ou agravantes. O objetivo dessa ação de extensão foi orientar, por meio de uma cartilha,
sobre a importância de hábitos alimentares adequados, no intuito de prevenir ou reduzir os efeitos
do diabetes tipo 2 na saúde dos clientes. As atividades foram desenvolvidas entre pessoas acima de
40 anos, na Universidade Aberta da Melhor Idade (UNAMI) e na rede Abevê de supermercados. A
metodologia utilizada foi por meio de uma pesquisa-ação e, baseado nos dados coletados procedeu-
se em orientação a partir de um diálogo, direcionado pela cartilha. Dos 123 participantes atendidos
na rede Abevê de Supermercados notou-se que 19 apresentaram alterações glicêmicas, sendo um
número expressivo, uma vez que as escolhas foram aleatórias. Observou-se que as pessoas
conheciam o que e como realizar as mudanças, porém a prática não condizia com a atitude dos
mesmos, revelando um déficit no autocuidado. Ainda, foram 30 indivíduos que participaram da
ação na UNAMI, e destes quatro apresentaram o nível glicêmico pós-prandial alterado. Esses
resultados expressam ainda que as pessoas estão descuidando de sua saúde. Observou-se também
que muitos, depois de ter sido diagnosticado o diabetes iniciaram mudanças radicais como hábitos
alimentares, realização de exercícios físicos e tratamento medicamentoso adequado no intuito de
controlar e minimizar as alterações causadas pela patologia. As atividades desenvolvidas junto à
comunidade ensinam muito e nos mostram a realidade dos pacientes que não podem ser
visualizadas dentro de salas de aula. Notou-se claramente que, a prevenção da diabetes se torna
necessária à promoção da saúde para empoderamento do individuo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.