OS CAMINHOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE A PARTIR DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM LÍNGUA PORTUGUESA

Ozeni Amaral do PARAIZO, Eliane Aparecida MIQUELETTI

Resumo


A formação de um docente envolve conhecimentos teóricos e práticos e o estágio supervisionado é um dos principais momentos para que isso ocorra. Com o objetivo de mostrar a importância dessa etapa, relatamos neste trabalho as experiências vividas nos estágios supervisionados em língua portuguesa, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, desenvolvidos em duas escolas públicas da cidade de Dourados, entre os anos de 2016 e 2017. Compartilhamos os desafios superados, o que envolveu dificuldades resultantes do percurso da estagiária antes de iniciar a licenciatura, marcas de uma educação escolar insuficiente, e dificuldades surgidas ao longo do processo de estágio. Em resumo, faremos a exposição das leituras para a base teórica – destacamos Antunes (2003) e Paulo Freire (1996) –, da observação do campo de estágio, da preparação das aulas, das orientações do orientador e do supervisor de estágio e da execução das aulas. Ao fim da experiência, destacamos a relevância da reflexão contínua em torno do trabalho realizado na escola, o que nos levou a entender que entre os pontos que influenciam o trabalho docente estão as condições estruturais das escolas, como a acústica das salas; as mudanças no calendário de atividades por conta de paralizações, por exemplo; o pouco tempo para a preparação das aulas. É sempre necessário estar preparado para um “plano B”. Além disso, é preciso estar atento para o relacionamento afetivo entre professor e alunos. Não somos meros reprodutores de conhecimento, mas mediadores na formação crítica e cidadã. Estamos em contato com alunos de diferentes realidades e isso deve ser levado em consideração. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.