ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO INFANTIL: EXPERIÊNCIAS E APRENDIZAGENS NA FRONTEIRA

Norma Nice Parra de SOUZA, Lizandra de Jesus Mendez MONTANIA, Luciene Cléa da SILVA

Resumo


O presente trabalho foi realizado a partir das experiências vivenciadas na disciplina de Estágio Obrigatório em Educação Infantil e busca retratar a relação entre a teoria e a prática no contexto da educação infantil na região de fronteira. As ações de estágio supervisionado desencadearam uma observação minuciosa em cada um dos níveis da educação infantil (berçário I - berçário II - maternal I -maternal II - jardim I - jardim II). Durante tais observações foram realizados registros que almejaram a caracterização de cada um desses espaços, o início e término das atividades educativas, os planejamentos das atividades e demais ações que pudessem ser realizadas naquele espaço. Desta forma, percebeu-se como é a realidade, o trabalho e a rotina das instituições infantis, além do convívio com as crianças de diferentes faixas etárias e as muitas especificidades que emergem da fronteira entre Brasil e Paraguai. Esta visão possibilitou uma maior compreensão e reconhecimento acerca do cuidar, brincar e educar na educação infantil, além de chamar nossa atenção sobre a importância do aprofundamento reflexivo sobre a teoria e a prática; experiências que se constituem como necessárias e fundamentais à nossa formação docente. Assim, a partir desta vivência de estágio, pode-se destacar a relevância do mesmo ao permitir aos acadêmicos uma proximidade com as instituições de educação infantil e a possibilidade de refletir na prática docente, muitos conceitos e teorias estudos no espaço universitário, ações que dão mais respaldo para se pensar na realidade da qual fazemos parte, principalmente por estarmos em uma região de fronteira, tão rica, diversa e com muitas particularidades que precisam ser valorizadas no contexto escolar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.