CONTRIBUIÇÃO DA ABORDAGEM EXPERIMENTAL COMO FERRAMENTA PARA O ENSINO DE QUÍMICA

Ana Caroline da Silva, Gilberto José de Arruda

Resumo


A ação extensionista é um importante complemento ao ensino e uma forma de interação da instituição com a comunidade ao seu redor, sendo um dos pilares da atividade universitária no ensino superior. Considerando que o ensino de química abordado no ensino médio é por meio de aulas teóricas com conteúdos e exercícios, onde o conteúdo de química é passado de forma fragmentada, surge assim a necessidade de se buscar alternativas para que o aluno participe das tomadas de decisões, tornando-se sujeito ativo no processo de ensino-aprendizagem, pois a química, presente no cotidiano é de suma importância para fazer a ponte entre o conhecimento prévio do aluno e o conhecimento científico, possibilitando também uma maior interação entre os alunos, e motivando-os a buscar razões e explicações para os fenômenos que acontecem à sua volta. Diante disso, desenvolvemos o projeto de extensão intitulado: “Seja químico por um dia”, onde se apresentou uma abordagem de ensino com aulas experimentais. As atividades foram aplicadas a alunos do ensino médio da Escola Estadual Professor Joaquim Alfredo Soares Vianna, no munícipio de Caarapó - MS. Os alunos foram extremamente receptivos o que acarretou grande participação destes. As atividades práticas consistiram em experimentos relacionados com a teoria Eletroquímica, onde ocorrem as transferências de elétrons, os experimentos foram executados pelos próprios alunos individualmente e ao final de cada experimento foram elucidadas as dúvidas e curiosidades, envolvendo a química. Ao final do projeto os alunos foram convidados a conhecer a UEMS Unidade Universitária de Dourados. Este projeto mostrou-se um excelente recurso didático para a construção do conhecimento, pois com o emprego desta estratégia favoreceu o caráter investigativo e a curiosidade com o tema abordado, além de colaborarem para a formação do pensamento crítico, e na construção da cidadania. Com a interação teórico-prático possibilitou um melhor entendimento dos conceitos envolvidos. Todo o aspecto da aplicação deste projeto possibilita concluir que é uma oportunidade de ensino-aprendizagem por atividades práticas relacionadas com a teoria, que enriquece os processos de construção de conhecimento sobre as explicações no ensino de química. Nesse tipo de interação, é beneficiada a universidade, a comunidade e, é claro, o estudante, que participa de um proveitoso aprendizado, promovendo também a divulgação dos cursos de Química da UEMS (Bacharel e Licenciatura).


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.