CARTAS À GUINÉ-BISSAU: Uma experiência de educação revolucionária

Autores

  • Alana de Oliveira BARBOSA
  • Daniela Aparecida da Silva Sales Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Resumo

Neste ensaio apresentamos os resultados alcançados no Seminário de avaliação final da disciplina “Tópicos Especiais em Currículo, Formação Docente e Diversidade: Ideias Pedagógicas de Paulo Freire” cursada como alunas regulares no Programa de Pós-Graduação strticto sensu em Educação, nível de mestrado, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade de Paranaíba, no primeiro semestre de 2018. O seminário teve como objetivo analisar o impacto da obra Cartas à Guiné-Bissau do autor Paulo Freire, na educação. Para compreender o contexto da publicação da obra, fez-se necessário um levantamento bibliográfico   sobre o país Guiné-Bissau e o momento histórico que vivenciava no período. A leitura e análise do livro muito contribuíram para que pudéssemos compreender o trabalho de Freire realizado fora do Brasil e como os seus métodos podem contribuir significante na educação brasileira. Contudo, percebemos que para tanto, é necessário que haja

Downloads

Publicado

11/07/2021

Como Citar

BARBOSA, A. de O., & Sales, D. A. da S. (2021). CARTAS À GUINÉ-BISSAU: Uma experiência de educação revolucionária. ANAIS DO SEMINÁRIO FORMAÇÃO DOCENTE: INTERSECÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E ESCOLA, 4(4), p. 1– 8. Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/seminarioformacaodocente/article/view/7509