EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: políticas de oferta e implicações aos alunos de Dourados MS

Autores

  • Rosilene Moreira de Souza UCDB
  • Rodolfo Cabreira DIAS FILHO

Resumo

O presente artigo aborda as implicações da oferta da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) na cidade de Dourados-MS. O objetivo é apresentar os dados coletados neste trabalho com a finalidade de mostrar a realidade da oferta desta modalidade de ensino. Pesquisa de abordagem qualitativa de caráter exploratório que compreende estudos bibliográficos e pesquisa de campo. Como referencial teórico, recorremos a: Paulo Freire (1999); Miguel Arroyo (2011); Moacir Gadotti (2013); Nóvoa (2015), Piero e Haddad (2015), Constituição Federal (1988), a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB 9394/96), dentre outros documentos.  O resultado foi: que as escolas das redes municipal e estadual de Dourados, tiveram um fechamento significativo de turmas a partir do ano de 2015, sendo que sete escolas deixaram de ofertar a EJA no período de 2015 a 2019.   Conclui- se então que a educação de Jovens e Adultos apesar de estar nos documentos oficiais como uma obrigação, nos sistemas de educação ao menos na cidade de Dourados sofre cortes por questões econômicas. Mais uma vez observa-se a predominância do aspecto econômico em detrimento da formação dos indivíduos, sujeitos de direito que foram expropriados e excluídos do acesso a educação básica.

Downloads

Publicado

11/07/2021

Como Citar

Souza, R. M. de, & DIAS FILHO, R. C. (2021). EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: políticas de oferta e implicações aos alunos de Dourados MS. ANAIS DO SEMINÁRIO FORMAÇÃO DOCENTE: INTERSECÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E ESCOLA, 4(4), p. 1–13. Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/seminarioformacaodocente/article/view/7475