Valorização dos trabalhadores da educação nas escolas de educação básica da rede Estadual em Dourados-MS

Autores

Resumo

A pesquisa tem como objeto de análise a valorização dos trabalhadores da educação não-docentes que atuam em escolas estaduais localizadas na região central e na periferia da cidade de Dourados – Mato Grosso do Sul. Os objetivos da presente pesquisa compreendem: a) analisar os elementos constitutivos da valorização dos profissionais da educação dos servidores escolares estaduais; b) problematizar os efeitos das condições de trabalho sobre o adoecimento dos trabalhadores. Parte-se da hipótese que a maioria dos profissionais da educação estadual desconhecem que a garantia de condições de trabalho adequadas é um direito e um dever dos órgãos responsáveis. Ancora-se em abordagem qualitativa e recorre aos procedimentos de questionário e entrevistas para a coleta de dados. A questões que norteiam esta pesquisa procuram responder: Os profissionais da educação/funcionários administrativos se sentem valorizados no trabalho? Estes trabalham em condições adequadas? Como se dá sua no interior da escola? Há o reconhecimento como profissionais da educação não pertencentes ao quadro do magistério sobre o seu papel no processo educacional? Conclui-se que os funcionários administrativos não se sentem valorizados pelos membros da comunidade escolar, nem mesmo pelo poder público. Acessar cursos profissionalizantes não gerou ganhos salariais do mesmo modo que não passaram a ser reconhecidos pelos membros da comunidade escolar.

Biografia do Autor

Adilina Menezes FRANCISCO, Pós-graduanda em Mestrado pela UFGD

Pós-graduanda em educação pela UFGD, bolsista pela CNPq, graduada em Pedagogia pela UEMS, reside em Dourados-MS.

Andréia Nunes MILITÃO, Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul: Dourados, MS, Doutora em Educação - Mestre em História (Pós Graduação em Educação )

Professora Adjunta Doutora da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul-UEMS, atuando nos cursos de Licenciatura em Pedagogia e Letras/Espanhol e docente vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação (nível de Mestrado). Possui Graduação em História (UNESP, 1998), Mestrado em História (UNESP, 2001), Graduação em Pedagogia (União das Faculdades dos Grandes Lagos, 2011) e Doutorado em Educação (UNESP, 2015). Realizou Doutorado Sanduíche na Universidade do Minho sob supervisão do Prof. Dr. Licínio Lima. É líder do Grupo de Estudos e Pesquisa Políticas Educacionais e Formação de Professores (GEPPEF-UEMS-UFGD) e integra o Grupo de Estudos e Pesquisas em Política e Avaliação Educacional (GEPALE-UNICAMP). É coordenadora do GT 08 da ANPED/Centro-Oeste e Parecerista Ad Hoc do GT 08 da ANPED. É associada à ANFOPE, ANPAE e CEDES. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas e programas educacionais, administração/gestão educacional,, formação de professores, PNE, Educação Escolar Indígena, Paulo Freire e Educação Básica.

Downloads

Publicado

11/07/2021

Como Citar

FRANCISCO, A. M., & MILITÃO, A. N. (2021). Valorização dos trabalhadores da educação nas escolas de educação básica da rede Estadual em Dourados-MS. ANAIS DO SEMINÁRIO FORMAÇÃO DOCENTE: INTERSECÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E ESCOLA, 4(4), p. 1–12. Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/seminarioformacaodocente/article/view/7430

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>