O PROCESSO DE INSERÇÃO DE CRIANÇAS NA INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL NA PERSPECTIVA DE FAMILIARES

Autores

  • Elisangela Silva DANTAS Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Debora Barros SILVEIRA Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Resumo

RESUMO: O processo de inserção das crianças nas creches ou nas pré-escolas é algo que requer cuidado com todos os envolvidos. É um período de transição do ambiente doméstico para um novo ambiente, no qual haverá novas relações, seja entre as crianças, entre os familiares, os educadores e toda equipe da instituição. Este estudo teve como objetivo identificar as perspectivas de familiares que estavam vivenciando este período que envolve o processo de inserção, evidenciando, por meio das falas, sobre como estavam lidando com essas experiências. A pesquisa qualitativa foi o caminho escolhido para a realização desse estudo, na qual a coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas, seguindo um roteiro com questões semiestruturadas. Participaram desse estudo 3 mães, as quais foram entrevistadas individualmente, em seu ambiente familiar. As crianças que estavam passando pelo processo de inserção tinham entre noves meses e dois anos e nove meses de idade. Os estudos produzidos por Ortiz (2017); Rosseti-Ferreira, Vitoria, Goulardins (2009) que abordam questões relacionadas ao tema, tem nos auxiliado nas análises dos dados. A pesquisa ainda se encontra em andamento e como resultados parciais podemos indicar que as famílias apontam que a inserção da criança na instituição de Educação Infantil é um processo difícil, tanto para a família, quanto para a criança, pois elas estão acostumadas com o ambiente familiar e os membros da família a sempre tê-las por perto, mas mencionam ser um processo necessário. As entrevistadas relataram que matricularam a criança pela necessidade de trabalhar. Sobre este aspecto ressaltamos que nenhuma das participantes mencionou que a criança foi matriculada na educação infantil por ser um direito e sim pela necessidade dos pais de trabalharem.
 
PALAVRAS-CHAVE: Educação infantil. Inserção. Concepções de familiares. Docência na Educação Infantil.

 

Downloads

Publicado

01/06/2018

Como Citar

DANTAS, E. S., & SILVEIRA, D. B. (2018). O PROCESSO DE INSERÇÃO DE CRIANÇAS NA INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL NA PERSPECTIVA DE FAMILIARES. ANAIS DO SEMINÁRIO FORMAÇÃO DOCENTE: INTERSECÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E ESCOLA, 2(2). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/seminarioformacaodocente/article/view/4741