REFLEXÕES SOBRE A LEI DE COTAS E SEUS IMPACTOS NA TRAJETÓRIA DE EGRESSO DE ESTUDANTES COTISTAS NEGROS

Angelina da Cruz Espínola

Resumo


Resumo: A Lei 12.7711/2012 é uma ação afirmativa pública que trata da reserva de 50% das vagas em universidades e institutos federais do Brasil para estudantes oriundos de escolas públicas, reserva também desse percentual vagas para estudantes pretos, pardos, indígenas e pessoas com deficiência. Este artigo é parte de uma pesquisa de mestrado em andamento da autora desenvolvida no Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal da Grande Dourados (PPGEDU/UFGD). O objetivo do artigo é trazer reflexões e discussões de forma sucinta por meio de revisão bibliográfica de trabalhos científicos que versam sobre as políticas de ações afirmativas no Brasil, bem como a relevância das cotas raciais para o acesso e permanência da população negra no ensino superior. A metodologia deste artigo consiste em uma análise bibliográfica e documental. O artigo pretende discorrer sobre a importância das políticas afirmativas para a população negra em universidades públicas. O objetivo consiste em trazer um debate sobre o acesso ao ensino superior por meio da lei de cotas, bem como, os impactos desta lei para a trajetória de egresso de estudantes cotistas negros.

 

 

Palavras-chave: Ações Afirmativas. Trajetória de Egresso. Cotista Negro.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.