AUSÊNCIA E REJEIÇÃO EM O SILÊNCIO DOS AMANTES, DE LYA LUFT

Cristina Vieira Schneider, Paulo Henrique Pressotto

Resumo


Resumo: Este artigo tem como objetivo a análise, sob os temas da ausência e da rejeição, de alguns contos selecionados do livro O silêncio dos amantes (2008), da escritora Lya Luft. Os contos “O internato” e “O Anão”, além de trazer os temas referidos, apresentam como protagonistas “o filho rechaçado”. Destacando aspectos formais da narrativa, como o personagem, o espaço e o tempo, busca-se relacioná-los com os temas referidos. Para a concretização deste trabalho, foram aplicados conceitos teóricos sobre a incomunicabilidade no mundo contemporâneo de BAUMAN (2004); os conceitos e definições de BAL (2009), D’ONOFRIO (2007) e CANDIDO (2011) sobre os aspectos formais da narrativa. Os resultados alcançados permitem afirmar que: a) a ausência e a rejeição estão presentes nos contos escolhidos; b) há outros temas, como a violência e o preconceito, que se destacam no âmbito da ausência e da rejeição; c) a incomunicabilidade entre os personagens é uma problemática do tempo contemporâneo e está presente nos conto.

 

Palavras-chave: Lya Luft. O silêncio dos amantes. Ausência. Rejeição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.