A ALFABETIZAÇÃO E AS AÇÕES GOVERNAMENTAIS NA MATERIALIZAÇÃO DESSE DIREITO

Autores

  • Isabel Mafort Moraes Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Vanessa Bulde de Oliveira Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Resumo

O artigo tem por objetivo apresentar o trajeto de intervenções permeadas por ações governamentais destinadas à alfabetização, após a Constituição Federal de 1988, no sentido de materializar os direitos da população. Para tanto, utilizando-se da pesquisa bibliográfica, foram elucidadas referências teóricas ligadas aos programas de alfabetização no país, sendo elas, PCN em ação (1999), o GESTAR (2007), o PROFA (2001), o PRALER (2007), o PRÓ-LETRAMENTO (2012) e o atual PNAIC (2015). Os resultados mostraram o quanto esses programas ao mesmo tempo em que se complementam em diversos aspectos, divergem em outros importantes, como por exemplo, nos conceitos de alfabetização e letramento em alguns apresentados. Deste modo, a pesquisa evidenciou como as políticas voltadas a formação continuada do docente devem ser analisadas com mais ênfase, no sentido dos direitos materializados por elas.

 

Palavras-chave: Alfabetização. Ações Governamentais.

Downloads

Publicado

05/06/2018

Como Citar

Moraes, I. M., & Oliveira, V. B. de. (2018). A ALFABETIZAÇÃO E AS AÇÕES GOVERNAMENTAIS NA MATERIALIZAÇÃO DESSE DIREITO. JORNADA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM/ENCONTRO DO PROFEDUC E PROFLETRAS/JORNADA DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO DO SUL, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/jornadaeducacao/article/view/4859