O realismo maravilhoso em Noites no circo, de Angela Carter

Matheus Carlesso da Silva, Altamir Botoso

Resumo


Tendo se destacado na segunda metade do século XX, a vertente do realismo maravilhoso pode ser entendida como um evento ocorrido fora da ordem do ordinário e também do natural, porém esses eventos mantêm como pano de fundo uma realidade comum, pois nas narrativas realistas maravilhosas o real e o insólito convivem de maneira mútua. Cria-se dentro do realismo maravilhoso um mundo de possibilidades, no qual as histórias que ouvíamos quando crianças sobre animais falantes, gigantes etc., não criam nenhum questionamento ou estranhamento, tudo é totalmente cabível no contexto da narrativa. Tendo isso em mente, o presente estudo propõe-se a analisar o romance Noites no circo, que está entre os maiores destaques da escritora inglesa Angela Carter, autora essa cuja obra apresenta um perfil com fortes traços feministas, pós-modernos e que emprega o realismo maravilhoso em seus trabalhos. Publicado originalmente em março de 1984, o livro nos apresenta a personagem Sophie, mais conhecida como Fevvers, uma grande trapezista que ganha sua vida fazendo apresentações no circo do Coronel Kearney, entretanto, Fevvers é uma artista com um traço único, a sedutora moça tem asas. Partindo do maravilhoso e encantador mundo circense que ambienta o romance, nosso estudo tem o propósito de identificar e analisar as manifestações do realismo maravilhoso, criando uma conexão entre teoria literária e obra, fundamentando-se nos principais estudiosos do maravilhoso ‒ Carpentier (1987), Chiampi (2012), Todorov (2003). Com isso, foi possível identificar diversos exemplos no romance que comprovam que o livro de Carter enquadra-se na categoria do realismo maravilhoso, por apresentar personagens com habilidades extraordinárias, animais que possuem atributos humanos e vice-versa, enfim, elementos que recorrentemente são empregados nas ficções catalogadas como realistas maravilhosas. Vale ressaltar que esse não é o único traço da obra de Carter, pois a autora aborda questões sociais como o feminismo, a violência, entre outros. Porém, temos um foco especialmente dirigido para a vertente anteriormente mencionada e concluímos que é perfeitamente pertinente classificar Noites no circo como uma obra que se filia à vertente do realismo maravilhoso, conforme corroboram os estudos teóricos e diversas passagens do romance.


Palavras-chave


Literatura Inglesa; Realismo Maravilhoso; Angela Carter; Romance.

Texto completo:

PDF

Referências


AL-JIBORY, Zainab Adbullah. Magic Realism in Angela Carter’s novel “Nights at the circus”. Tikrit University. College of Education English Department, p. 1-21. Disponível em: . Acesso em: 04 set. 2019.

BESSIÈRE, Irène. O relato fantástico: forma mista do caso e da adivinha. Disponível em: Acesso em: 15 de jun. de 2019.

CARPENTIER, Alejo. A literatura do maravilhoso. Tradução de Rubia Prates Goldoni e Sérgio Molina. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais; Edições Vértice, 1987.

CARTER, Angela. Noites no circo. Tradução de Claudia Martinelli Gama. Rio de Janeiro: Rocco, 1991.

CHIAMPI, Irlemar. O realismo maravilhoso: forma e ideologia no romance hispano-americano. São Paulo: Perspectiva, 2012.

"Cockney": as gírias em inglês que rimam - EF English Live.

https://englishlive.ef.com › blog › cockney-as-girias-em-ingles-que-rimam. Acesso em: 04 set. 2019.

FIGUEIRA, Lauro Roberto do Carmo. Realismo mágico ou realismo maravilhoso. MOARA, Belém – Pará. v. 14, p. 21-33, 2000.

MARINHO, Carolina. Poéticas do maravilhoso no cinema e na literatura. Belo Horizonte: PUC Minas Autêntica, 2009.

HOUAISS, Antônio. VILLAR, Mauro de Salles. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

GAMA-KHALIL, Marisa Martins. Real Maravilhoso e realismo mágico: discussões conceituais. IN: BORGES, Liliân Alves; GAMA-KHALIL, Marisa Martins (org.). No território da Mirabilia: Estudos sobre o maravilhoso na ficção. Rio de Janeiro: Bonecker, 2018, p. 18-29.

ROAS, David. A ameaça do fantástico. Tradução de Julian Fuks. 1. ed. São Paulo: Unesp, 2014.

TODOROV, Tzvetan. Introdução à literatura fantástica. Tradução de Maria Clara Correa Castello. São Paulo: Perspectiva, 2008.

YATSU, Renata Kuhn. O vôo da trapezista alada: uma leitura da trajetória de Fevvers em Noites no circo de Angela Carter. 136f. Tese (Mestrado em Letras). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Assis-SP, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Anais do Congresso de Pesquisas em Linguística e Literatura