EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A CONSERVAÇÃO DA FAUNA SILVESTRE

Nathani Fernandes Alves Silva, Cloves Gonçalves Ramires Junior, Elaine Antoniassi Luiz Kashiwaki

Resumo


Para instruir a sociedade a minimizar os impactos ecológicos, a educação ambiental torna-se um meio suscetível para auxiliar a integração das pessoas à realidade, em prol da conservação da fauna silvestre. Assim, este projeto teve por finalidade desenvolver atividades educativas, bem como estudos e divulgação científica através da educação não formal propiciada pela Educação Ambiental, tanto no âmbito escolar quanto na comunidade externa. Os esforços foram direcionados aos estudantes do ensino fundamental da região de Mundo Novo. Além da educação ambiental, enfatizamos a educação científica, postura e comportamento no laboratório de biologia estrutural (Conhecendo a UEMS de Mundo Novo) e sensibilização ambiental associada à afetividade da conservação da fauna da região. No decorrer do projeto foram realizadas palestras para os alunos do sétimo e oitavo ano de uma escola da rede privada, como também para alunos do sexto ano de uma escola de rede pública. Para esta última escola, também foi abordada a importância da conservação dos ambientes aquáticos, por conta da comemoração do Dia Mundial da Água. Para a comunidade externa foi realizado o evento “Educação Ambiental”, com diversas atividades, palestras, exercícios aeróbicos e trilha interpretativa ambiental. Para este evento, foi realizada inscrição via GoogleForms, onde os participantes tiveram que responder “O que é educação ambiental?” e dentre as respostas concluiu-se que a maioria das pessoas conceitua educação ambiental como um departamento dentro da educação municipal, que fica a cargo de um grupo específico. Esse grupo tem a finalidade de procurar meios suscetíveis para a conscientização social para a preservação ambiental buscando o equilíbrio ecológico. Também realizamos atividades lúdicas (como desenhos e brincadeiras) além de aplicar questionamentos sobre percepção ambiental. Entre as perguntas foi possível observar a importância de se esclarecer alguns conceitos, como fauna silvestre, animais exóticos e nativos, causas das extinções de diversas espécies. Foi realizada uma palestra na escola Estadual Iolanda Ally (Semana da Consciência Ambiental), além de outras contribuições e participações em atividades referentes ao projeto “Conhecendo a UEMS – Unidade de Mundo Novo”. Para finalizar as atividades, apresentamos a palestra “Vamos falar de peixes...” ressaltando a importância da conservação dos ambientes aquáticos e alguns peixes presentes na Planície de Inundação do alto rio Paraná e áreas adjacentes para os alunos do quarto ano do ensino fundamental I na cidade de Guaíra/PR. Dentre todas as atividades, foi possível atingir cerca de 400 pessoas. Ao desenvolver este projeto, pode-se notar a importância de ressaltar cada espécie na natureza, bem como, ensinamentos de alguns conceitos ecológicos. Os resultados referentes aos questionários aplicados (antes e depois das atividades) foram satisfatórios, principalmente quando trabalhados com crianças em formação do ensino fundamental. Constatamos que existe certa carência com o tema educação ambiental voltada para a fauna silvestre e sinantrópica.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.