UMA LEITURA DAS MARCAS DE SUBJETIVIDADE NO POEMA “QUEM SOU EU?” DE LINO VILLACHÁ

Autores

  • Elenir Ximenes
  • Adélia Maria Evangelista de Azevedo

Resumo

Interessamo-nos pela leitura das marcas de subjetividade, em instância de discurso, no poema, Quem sou eu? de Lino Villachá. O percurso teórico segue por fundamentos da Linguística da Enunciação, à luz do pensamento de Émile Benveniste (1995), a partir da seleção de dois estudos retirados da obra Problemas de Linguística Geral – PLG, volume I, e de diálogos desses fundamentos, com o conceito de testemunho, em Agamben (2008). A escolha do percurso de leitura explora as experiências de linguagem por conta da passagem de locutor a sujeito no discurso e os efeitos de sentido.


PALAVRAS-CHAVE: Subjetividade; discurso; sujeito.

Downloads

Publicado

11/08/2021

Como Citar

Ximenes, E., & Azevedo, A. M. E. de. (2021). UMA LEITURA DAS MARCAS DE SUBJETIVIDADE NO POEMA “QUEM SOU EU?” DE LINO VILLACHÁ. VII SEMANA DE LETRAS - UEMS - UNIDADE DE JARDIM/MS. Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/semanadeletras/article/view/7542