A PEDRA E O VENTO EM JOÃO TERNURA: UM ESTUDO DO ROMANCE DE ANÍBAL MACHADO

Autores

Resumo

No ano de 1965 nascia para a literatura brasileira uma obra esperada há mais de quatro décadas, João Ternura, publicação póstuma do escritor mineiro Aníbal Monteiro Machado. Além da presença de elementos autobiográficos em sua narrativa, questão já abordada pela crítica literária, os elementos constitutivos do espaço no romance merecem atenção especial. Destaca-se, nesse sentido, uma relação significativa do protagonista com os elementos naturais da pedra e do vento. O objetivo desta comunicação é analisar a relação do protagonista, João Ternura, com o vento, que na narrativa surge nos momentos mais importantes, e com a pedra, que o personagem carrega consigo até o desfecho da história. Para a análise proposta, consideramos os estudos e textos críticos já publicados sobre a obra.


PALAVRAS-CHAVE: Aníbal Machado; João Ternura; pedra; vento.

Downloads

Publicado

11/08/2021

Como Citar

Oliveira, A. G. de, & Teixeira, M. V. (2021). A PEDRA E O VENTO EM JOÃO TERNURA: UM ESTUDO DO ROMANCE DE ANÍBAL MACHADO. VII SEMANA DE LETRAS - UEMS - UNIDADE DE JARDIM/MS. Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/semanadeletras/article/view/7536