O SUJEITO MARCADO PELA IDEOLOGIA NA MUSICA “TOCANDO EM FRENTE” DE ALMIR SATER E RENATO TEIXEIRA

Luane Prado Gomes Silva, Silvane Aparecida de Freitas

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo a análise do sujeito regional marcado

pela ideologia que o cerca, na música “Tocando em Frente” de Almir Sater e Renato Teixeira. A fundamentação teórica a ser utilizada é a Análise do Discurso da linha francesa, apoiada na psicanálise, contemplando um sujeito social e histórico. A pesquisa é bibliográfica. Considerando que um discurso não se constrói por si só, mas que é atravessado por outros discursos (interdiscurso), o corpus deste artigo se ocupará de interpretar esses sujeitos que formam o indivíduo regionalista pantaneiro. Verificou-se um sujeito que ora tem um discurso representativo de uma classe ou de indivíduos, ora um discurso que imaginam ser só seu, homogêneo, dono do seu dizer. A experiência o torna capaz de ver a vida sabiamente consciente ou inconsciente; percebe que vive determinado por algo, porém não se acomoda e segue em frente.

Palavras-chave: Música. Ideologia. Análise do discurso. Psicanálise.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN ELETRÔNICO: 2175-8719