A DIVERSIDADE COMO PONTO DE PARTIDA PARA UM ENSINO DEMOCRÁTICO

Gislane Pedroso Borges

Resumo


Este trabalho tem por objetivo refletir sobre a importância do ato de ensinar, entendendo que os sujeitos possuem realidades diferentes e se apresentam ao mundo de formas diferentes. Para que o aluno interiorize tais reflexões, cabe ao professor, por meio de um sistema de ensino democrático, mostrar que as diversidades fazem com que cada pessoa seja única; que todo indivíduo, independentemente de qualquer fator, antes de tudo é um ser humano e deve ser respeitado como tal, uma vez que todos são iguais em direitos e deveres nas suas diferenças. Embasado nos conceitos de Freire, Praxedes, Urquiza e na Declaração Universal dos Direitos Humanos, pretende-se discutir, por meio de reflexões teóricas e práticas, como encontrar os caminhos para chegar a um ensino democrático. Assim, o estudo surge para contribuir com questionamentos que levem, principalmente, os profissionais da educação a refletirem sobre sua importância na construção/formação da identidade dos educandos.

Palavras-chave: Diversidade. Ensino democrático. Ser humano. Direitos. respeito.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN ELETRÔNICO: 2175-8719