A DIDÁTICA MULTISSENSORIAL DAS CIÊNCIAS COMO METODOLOGIA PARA O ENSINO DE FÍSICA E A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Diego da Silva Ferreira, Eder Pires de Camargo, Josiane Alexandrino dos Santos

Resumo


O ensino das ciências naturais e experimentais, desde os primeiros cursos escolares até os níveis médio e superior, recebe um tratamento didático enfocado em uma perspectiva visual. O que dificulta a compreensão dos fenômenos e torna quase que impossível a inclusão de alunos com deficiência. Neste sentido o presente trabalho tem por objetivos apresentar estudos e aplicação da didática multissensorial das ciências como proposta educacional e analisar o impacto que tal didática pode causar nos alunos em geral e no processo de inclusão de pessoas com deficiência. A pesquisa foi realizada no contexto de um mini-curso, realizado no mês de junho de 2009, com alunos do segundo ano do ensino médio de uma escola estadual na cidade de Araçatuba – SP. Os dados foram constituídos por meio de gravações em Áudio e Vídeo das aulas e posteriormente analisados considerando procedimentos característicos da análise de conteúdo. O trabalho apresenta resultados e discussões referentes ao uso da didática multissensorial e as eventuais potencialidades que tal metodologia possa trazer no processo de inclusão nas aulas de física.

Palavras chave: inclusão. didática multissensorial das ciências. alunos com deficiência visual. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN ELETRÔNICO: 2175-8719