INTERVENÇÕES CURRICULARES: SENDA PARA O APRENDIZADO DE ESTUDANTES COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

Paola Gianotto Braga, Stéfani Quevedo de Meneses

Resumo


Tem-se como objetivo fulcral, debater de maneira conceitual sobre as adequações de conteúdos necessárias ao atendimento das necessidades educacionais para a inclusão de estudantes com transtorno do espectro autista nas escolas regulares. A justificativa que levou a escolha do tema paira sobre sua contemporaneidade, além da expectativa de contribuir para o âmbito acadêmico. O método de pesquisa empreendido segue natureza qualitativa, com pesquisa do tipo bibliográfica. De modo que, dentre os principais achados, foi possível concluir que existe uma necessidade de adequação tanto infraestrutural, quanto de equipamentos e materiais. Faz-se inegável notar a importância da capacitação docente para conduzir o processo de inclusão efetiva destes estudantes, assim como o ensino colaborativo que vem tomando espaço e preenchendo lacunas entre a prédica e a prática do processo inclusivo. Reconhecer o perfil, necessidades de aprendizagem, tempos e formas de aprender de cada um dos discentes são ações emergenciais, pois a partir desse diagnóstico, será possível realizar adequações necessárias ao atendimento, oferecendo a eles o acesso equânime ao conteúdo do ensino.

 

Palavras-chave: Intervenções curriculares. Transtorno do espectro autista.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.