GOLDILOCKS AND THE THREE BEARS: PRÁTICAS E REFLEXÕES SOBRE LETRAMENTOS CRÍTICOS EMERGENTES DA LEITURA DE UMA ESTÓRIA INFANTIL

Autores

  • Luana Cristina Amorim Roja de LIMA UEMS
  • Adriana Lúcia de Escobar Chaves de BARRO UEMS

Resumo

Este trabalho é um recorte de uma dissertação em andamento e tem como objetivo principal verificar em que medida a leitura e atividades relacionadas à estória infantil Goldilocks and the three bears[1] em aula de Língua Inglesa podem fazer emergir momentos de reflexões ligadas aos conceitos teóricos dos Letramentos Críticos. Para tal, nos baseamos nas leituras de autores relevantes nas áreas, como Monte Mór (2013), Rojo (2005), Jordão (2013), Menezes de Souza (2011) e Atwell (2007). Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa e cunho etnográfico que se deu em uma turma de 22 alunos do 3º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública de Terenos – MS. A coleta dos dados foi feita por meio de diário feito pela professora e pesquisadora deste estudo; produções dos alunos; bem como, gravações de áudio.

 

Palavras-chave: Letramentos Críticos; Estória infantil; Ensino de Inglês.

[1] NAMM, D. GRAEGIN, S. Goldilocks and the three bears. Sterling children’s books: New York, 2013.

 

Downloads

Publicado

05/06/2018

Como Citar

LIMA, L. C. A. R. de, & BARRO, A. L. de E. C. de. (2018). GOLDILOCKS AND THE THREE BEARS: PRÁTICAS E REFLEXÕES SOBRE LETRAMENTOS CRÍTICOS EMERGENTES DA LEITURA DE UMA ESTÓRIA INFANTIL. JORNADA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM/ENCONTRO DO PROFEDUC E PROFLETRAS/JORNADA DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO DO SUL, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/jornadaeducacao/article/view/4928