EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA MODALIDADE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ANÁLISE DA TRANSFORMAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE

Autores

  • Jean Carlos Almeida CORDOVAL UEMS
  • Samira Saad Pulchério LANCILLOTTI UEMS

Resumo

Este artigo objetiva debater a Educação de Jovens e Adultos (EJA) na modalidade Educação a Distância (EaD) no Brasil com vistas a compreender as mudanças em curso e delinear os desafios que se colocam no contexto presente. Para tanto estabelece uma retomada histórica dessa articulação partindo da década de 1920, com a proposição de educação popular por meio do rádio, até o contexto presente, em que as novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) têm sido utilizadas na EJA, tanto na educação privada como na pública.  As fontes utilizadas são obras que analisam a EJA e a EaD  além dos marcos legais da proposta no âmbito nacional. Toma-se por referência teórica produções sobre trabalho, trabalho docente e trabalho didático, formuladas no campo do materialismo histórico dialético. A análise revela que a EJA/EaD, suportada por dispositivos legais, tende a precarizar a formação dos estudantes na medida em que se fundamenta na sua autonomia e minimiza a atividade docente.

 

Palavras-Chave: Educação de Jovens e Adultos; Educação a Distância; Trabalho; Trabalho Docente; Trabalho didático

Downloads

Publicado

05/06/2018

Como Citar

CORDOVAL, J. C. A., & LANCILLOTTI, S. S. P. (2018). EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA MODALIDADE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ANÁLISE DA TRANSFORMAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE. JORNADA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM/ENCONTRO DO PROFEDUC E PROFLETRAS/JORNADA DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO DO SUL, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/jornadaeducacao/article/view/4912