DESAFIOS DA RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO: CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO CENTRADA NO ALUNO, EDUCAÇÃO DO SENSÍVEL E PRÁTICA REFLEXIVA

Natali Allas dos Santos

Resumo


A presente pesquisa bibliográfica objetiva uma reflexão sobre os desafios da relação professor-aluno a partir de experiências da própria autora em sala de aula como professora de arte. O choque de realidade vivido no estágio inicial da carreira docente gera inquietações e questionamentos que motivam a pesquisa. Com o intuito de entender e buscar caminhos para uma melhor relação entre professor e aluno serão apresentadas contribuições da educação centrada no aluno (BICUDO, 2006), da educação do sensível (DUARTE JÚNIOR, 2000) e da prática reflexiva (MACEDO, 2002; SCHÖN, 1992). A educação centrada no aluno amplia a compreensão do mesmo, traz à tona seu caráter psicológico, real e atualizante. Ela exige uma mudança de postura do professor, comprometimento, autoconhecimento, apreciação e empatia para com o aluno. A educação do sensível voltada para o sujeito reconhece seu corpo e sentidos, possibilita a construção de um saber sensível que educa, refina os sentidos e amplia a apreciação, contato e experimentação em arte. A prática reflexiva leva o professor a pensar sobre seu trabalho de forma responsável e ativa, estabelecendo outra relação com o aluno. Esta pesquisa não tem a pretensão de fornecer um receituário para que se resolvam os problemas da sala de aula. Aqui serão apontados caminhos para se pensar e atuar na educação de modo a tornar o trabalho docente mais adequado, coerente e humano no contato com o aluno. As dificuldades são inegáveis e a cada dia o professor as sinaliza, reivindica, questionada. Por isso é fundamental a reflexão na busca alternativas e modos de superação dos desafios que se apresentam incessantemente na prática docente.

 

Palavras-chave: Relação Professor-aluno. Educação Centrada no Aluno. Educação do Sensível. Prática Reflexiva. Formação Docente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.