FORMAÇÃO DE PROFESSORES(AS) E O GRUPO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DO PUC GOIÁS

Iria Brzezinski

Resumo


O período 12-14/6/2017 delimita a realização do I Encontro de Grupos de Pesquisa do GT 8 da Anped da Região Centro Oeste. articulado ao II Seminário Formação Docente: intersecção entre Universidade e Escola – Necessidades Formativas nas/das Licenciaturas.
Em âmbito nacional precederam o I Encontro em tela o I Simpósio de Grupos de Pesquisa “Formação de Professores” (PUC/SP, 2006), o II Simpósio do GP ”Formação de Professores (PUC/PR, 2011) e o III Simpósio do GT 8 da Anped Nacional realizado na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP, 2016). Em sua grande maioria, os trabalhos apresentados nesses eventos voltam-se para o papel social da ciência, evocado por Brecht e ao caráter crítico das investigações.
De acordo com Souza e Magalhães (2011, p.53) “o caráter crítico é dado pelo método utilizado, pelo referencial teórico que o alicerça”. A busca do caráter crítico tem sido a saga nas três últimas décadas no país de vários GP “Formação de Professores”.
A impossibilidade de vislumbrar todos os grupos de pesquisa já constituídos e cadastrados no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Cnpq), instiga os investigadores a referir-se àqueles que comungam o mesmo método e metodologias; aproximam-se em bases teóricas, epistemológicas e ontológicas; socializam resultados submetendo-os às críticas de seus pares e pretendem colaborar intervindo no campo de formação e valorização dos profissionais da educação.
Destaca-se, neste trabalho o GP do PPGE/PUC Goiás Pontifícia. Para tanto, valem-se de âncoras teóricas como o ensinamento em epígrafe, o referencial e método pertinentes como elementos instigadores da crítica que se materializa nas análises, as discussões sobre método de pesquisa de Limoeiro Cardoso (1971), o foco na organização dos GT da Anped em Calazans (1995) e Brzezinski (1995, 2002, 2009).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.