REPRESENTAÇÕES DE GÊNERO NOS IMPRESSOS DE MATO- GROSSO (1890-1950)

Autores

  • Ana Carolina Oliveira Carlos
  • Márcia Maria de Medeiros

Resumo

Contribuindo para o entendimento da história local, a presente pesquisa pretende demonstrar parcialmente o desenvolvimento das representações da figura feminina na imprensa mato-grossense do início do século XX, mais especificamente da capital Cuiabá. Tendo como documento fundamental para a pesquisa o jornal católico A Cruz, este estudo contribuiu de maneira significativa para compreender as posições assumidas pelas mulheres na sociedade cuiabana da época. A escolha pelo tema e pelo recorte temporal proposto deu-se justamente por Cuiabá representar, naquela situação, a capital e maior cidade da Província, concentrando a maior parte das atividades urbanas da época e tornando meio bastante propício para o surgimento de um jornal voltado especialmente para o público leitor feminino. Utilizando como fonte documental material micro-filmado de acesso público, este estudo contou com uma prévia leitura, transcrição, classificação e análise das matérias, de acordo com bibliografia já consagrada sobre o tema, que resultou de fato em um trabalho totalmente inédito para esta instituição de ensino como também levantou importantes dados para compreender a posição a qual era designada às mulheres católicas naquele período da história regional. Palavras-chave: Jornal A Cruz; Representações femininas; Imprensa de Mato Grosso.

Downloads

Publicado

14/10/2015

Como Citar

Carlos, A. C. O., & de Medeiros, M. M. (2015). REPRESENTAÇÕES DE GÊNERO NOS IMPRESSOS DE MATO- GROSSO (1890-1950). ANAIS DO ENIC, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/enic/article/view/1171

Edição

Seção

CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS