TRILHA DAS FUNÇÕES

Autores

  • Anabel Alves Mendes
  • Lauani de Souza Borges
  • Bárbara Freire Ferreira
  • Regina Litz Lamblém

Resumo

Vários estudos apontam que os jogos podem contribuir com o ensino e com a aprendizagem da
matemática, seja colaborando com a diminuição de bloqueios apresentados por alguns alunos em
relação à matemática, seja proporcionando maior interação entre alunos e o objeto matemático em
estudo, entre alunos e alunos e entre alunos e professor. Neste trabalho apresentamos um relato sobre
uma aula extracurricular de aproximadamente 2 horas e 20 minutos que envolveu a utilização de
jogos no ensino da matemática, conduzida por duas acadêmicas do Curso de Matemática da
UEMS/Cassilândia, bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID)
e orientada por supervisores e coordenadores do PIBID. O objetivo da aula foi contribuir com a
aprendizagem, relacionada aos conceitos de função, dos alunos do 1º ano do Ensino Médio da Escola
Estadual Hermelina Barbosa Leal em Cassilândia-MS. Foi confeccionado um tabuleiro com trinta
casas, chamado Trilha das Funções, foram elaboradas 30 fichas com questões selecionadas de sites e
de livros didáticos, das quais 23 envolviam conceitos introdutórios de funções e função afim e 7 sobre
raciocínio lógico, e construído uma urna contendo números de 1 a 30. Foram organizadas 5 equipes,
com dois alunos em cada uma delas. Cada equipe jogava um dado e o número que saia era o número
de casas que deveria ser andado no tabuleiro, em seguida a equipe retirava um número na urna que
era referente a uma das questões que estavam em fichas numeradas sobre a mesa, voltadas para baixo,
que deveria ser resolvida na lousa e depois descartada. Caso a equipe resolvesse corretamente a
questão, andava mais uma casa no tabuleiro, caso contrário voltava uma casa. A equipe que chegasse
primeiro na última casa do tabuleiro ou estivesse mais adiantada no tabuleiro quando acabasse as
questões seria a vencedora. À época da realização do jogo os alunos estavam iniciando o estudo das
funções na sala de aula regular, por isso, alguns deles apresentaram dificuldades na resolução das
questões que envolviam os conceitos de funções matemáticas. Já em relação às questões de raciocínio
lógico houve mais desenvoltura por parte deles. Embora houvesse uma competição entre os alunos,
alguns colaboravam dando dicas aos colegas, o que dá indícios de interação entre os alunos. Além
disso, a professora da disciplina de matemática da turma relatou que, após o jogo, os alunos passaram
a participar mais ativamente nas aulas com questionamentos sobre as funções matemáticas. Assim,
concluímos que o jogo contribuiu para despertar o interesse dos alunos para a aprendizagem desse
objeto matemático.

Downloads

Publicado

09/12/2019

Como Citar

Mendes, A. A., Borges, L. de S., Ferreira, B. F., & Lamblém, R. L. (2019). TRILHA DAS FUNÇÕES. ANAIS DO EGRAD, 6(9). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/egrad/article/view/6025

Edição

Seção

CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)