ANÁLISE DA CONTRIBUIÇÃO DA ATIVIDADE DE MONITORIA NA DISCIPLINA DE ECOLOGIA DE COMUNIDADES DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE IVINHEMA

João Batista dos Santos, Márcio Rodrigo Gimenes

Resumo


O Programa Institucional de Monitoria (PIM-UEMS) é desenvolvido pelo aluno-monitor com o acompanhamento do professor-orientador da disciplina. A proposta de monitoria objetiva disponibilizar um aluno que já tenha cursado a disciplina em questão para auxiliar os acadêmicos da série anterior a sua, que estão cursando a referida disciplina. No curso superior de licenciatura a monitoria pode ser considerada como prática de ensino, de certa forma contribuindo como uma iniciação a atividade docente. Esta interação com os alunos visa o desenvolvimento da aprendizagem e contribui para a melhoria do desempenho acadêmico no processo ensino/aprendizagem. O objetivo deste trabalho é analisar o desenvolvimento da atividade de monitoria na disciplina de Ecologia de Comunidades e a contribuição que esta vem proporcionando aos discentes por ela contemplados. A referida disciplina está sendo oferecida aos alunos do segundo ano do curso de Ciências Biológicas da Unidade Universitária de Ivinhema da UEMS como uma disciplina anual, encontrando-se no momento em andamento. Foi disponibilizado um monitor, em horário estabelecido, para auxiliar o professor da disciplina a sanar as dúvidas dos acadêmicos em relação às aulas teóricas, bem como para auxiliar na pesquisa bibliográfica e elaboração de atividades extra-sala sempre sob a orientação e supervisão do professor responsável pela disciplina. No decorrer do ano letivo, o desempenho do aluno-monitor será acompanhado permanentemente por meio de reuniões semanais com o professor-orientador, para um relato das dúvidas e dificuldades que surgiram no que diz respeito ao plantão de dúvidas disponibilizado aos alunos, assim como para a programação e organização das atividades subsequentes. Além disso, no final da monitoria será aplicado um questionário aos alunos que estão cursando a disciplina, buscando-se avaliar a satisfação destes em relação a atuação do monitor e contribuição desta para a melhoria do rendimento dos acadêmicos. A discussão do conteúdo curricular em pequenos grupos, sem a formalidade do ambiente da sala de aula estimula o diálogo e consequentemente enriquece a aprendizagem. Esta interação discente é vista como complemento, breve revisão do mesmo conteúdo abordado e trabalhado em sala de aula pelo professor-orientador. O ensino universitário utilizando este processo de construção e transmissão horizontal do conhecimento em um curso de licenciatura enriquece e estimula ao mesmo tempo, construindo de forma sistematizada a formação do profissional docente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.