SOLIDARIEDADE E DIREITOS HUMANOS: UM ENCONTRO POSSÍVEL NA ESCOLA

Rodolfo Henrique Guimarães Auco, Juliano Gil Alves Pereira

Resumo


O projeto de extensão “Solidariedade e Direitos Humanos: um encontro possível na escola” teve
como principal objetivo o esclarecimento da importância e do significado de solidariedade direitos
humanos, além de apresentar alguns impactos positivos que o entendimento sobre o assunto pôde
gerar tanto no grupo de pessoas atingidas diretamente pelo projeto, como à população, de modo
geral. A história mundial descreve vários episódios de ódio e intolerância, a exemplo do nazismo e,
consequentemente, o holocausto, quando nitidamente ocorreram a negação dos valores solidários e
dos direitos humanos. Atualmente, temos visto que a propagação da intolerância e do ódio no
mundo continuam justamente pela carência dos direitos humanos e de uma cultura de solidariedade
entre os povos. A harmonia social ainda é colocada em risco em decorrência das barbaridades ainda
existentes, alimentadas por culturas de ódio, preconceitos e intolerâncias. Dessa forma, observa-se a
importância do tema do referido projeto desenvolvido, que aproximou o conhecimento universitário
no sentido humanístico, compartilhado na Universidade, com os jovens do ensino médio da Escola
Estadual José Garcia Leal no município de Paranaíba/MS. A integração com os jovens ocorreu por
meio de um diálogo entre o tema do projeto e a disciplina de Sociologia, contando com colaboração
e apoio do professor da disciplina. A escolha pela realização do projeto no ensino médio de uma
escola pública foi no sentido de trabalhar a importância da formação cidadã, por meio de um
diálogo entre solidariedade e direitos humanos, um tema relevante em se tratando da fase de
desenvolvimento intelectual e formação de pensamento crítico dos jovens estudantes do ensino
médio. Logo, a cada encontro acompanhou-se a evolução e o acréscimo de conhecimento tanto por
parte dos jovens como do aplicador, orientador e professor envolvidos no projeto. Ocorreram
algumas barreiras na aplicação do projeto, tais como falta de suporte técnico e outros diferentes
recursos, mas que progressivamente foram sendo superadas. Embora o projeto tenha ocorrido em
apenas 12 meses, compreendendo o período letivo escolar, as conclusões e perspectivas de seu
alcance nos leva a acreditar que seus resultados foram positivos e terão na vida dos alunos
envolvidos, tanto no que diz respeito à formação profissional dos mesmos quanto na condição de
cidadãos mais sensíveis às questões que envolvem a vida em comunidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.