TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA PARA PRODUTORES DE LEITE: MANEJO ALIMENTAR

Autores

  • Thalia Mayara Pereira Melo
  • Ana Carolina Alves

Resumo

A pecuária leiteira é uma importante atividade econômica em pequenas propriedades no município de Cassilândia-MS, nas quais as pastagens são a principal fonte de alimento para os animais. Objetivou-se com este projeto levar aos produtores rurais do município, informações sobre a alimentação do gado leiteiro e alternativas para contribuir no aumento de produção de leite. As atividades tiveram seu início com a seleção das propriedades rurais para visita. Os critérios para seleção foram: pequenas propriedades, cuja principal fonte de renda fosse o gado leiteiro; interesse do produtor entrevistado em desenvolver tecnologias, para melhorar a alimentação dos seus animais, e localização da propriedade. Foram realizadas visitas em propriedades entre o mês de novembro de 2018 a fevereiro de 2019, posteriormente apenas uma propriedade foi selecionada, o Sitio Retirinho, localizado próximo a UEMS-UUC. Na propriedade escolhida as principais limitações que prejudicam a produtividade e lucratividade, no aspecto nutricional são as pastagens degradadas, inadequado manejo de suplementação concentrada e de volumoso. O produtor recebeu orientações de como planejar a suplementação com volumoso para época seca do ano: cálculo da necessidade de silagem que deve ser produzida, correta picagem, compactação e vedação do silo para evitar perdas no processo de ensilagem; cálculo das áreas necessárias para plantio do milho, cana e capim Napier. Foram passadas para o produtor informações sobre a importância de separar os animais em lotes para suplementação de acordo com a produção e sobre o correto manejo das pastagens. Visando melhorar a qualidade do alimento ofertado ao gado leiteiro, foi realizada análise do solo com recomendação de correção e adubação em área de 1,5 ha da propriedade com intuito de realizar futuramente a reforma da área de pastagem degradada por capim de melhor qualidade e assim reduzir os gastos com suplementação concentrada, que representavam por volta de 44% da receita bruta. Com a medida de separação dos animais em lotes para suplementação, verificou-se uma redução nos custos com a suplementação, pois os animais passaram a receber a quantidade de concentrado de acordo com a produção de leite, ao invés de receberem todos a mesma quantidade. Com o fornecimento da suplementação volumosa (silagem de milho, cana e capim Napier) verificou-se aumento da produção de leite, uma vez que a pastagem era insuficiente em qualidade e quantidade. A assistência técnica aos produtores de leite é uma importante ferramenta para melhorar a produtividade e renda do pequeno pecuarista através do acesso a informação.

Downloads

Publicado

01/04/2020

Como Citar

Melo, T. M. P., & Alves, A. C. (2020). TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA PARA PRODUTORES DE LEITE: MANEJO ALIMENTAR. ANAIS DO SEMEX, (12). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/semex/article/view/6876

Edição

Seção

TECNOLOGIA E PRODUÇÃO