INCIDÊNCIA DE NEFRITE E CISTITE EM BOVINOS ABATIDOS NO FRIGORÍFICO BURITI, AQUIDAUANA, MS

Autores

  • Marcelo Souto Roschel
  • Mariana Santos
  • Caroline da Silva Barbosa

Resumo

O efetivo nacional de bovinos em 2017 foi de 218 milhões de cabeças. No Centro-Oeste, Mato Grosso possui 30,3 milhões de cabeças (13,9% do total), seguido de Minas Gerais com 10,8%, Goiás com 10,5% e Mato Grosso do Sul 10,0%. Entre os 20 municípios com os maiores efetivos, 13 situavam-se no Centro-Oeste, seis no Norte e um no Sul, com São Félix do Xingu (PA), Corumbá (MS) e Ribas do Rio Pardo (MS) como os maiores rebanhos. Em 2017 foram abatidos 8 milhões de cabeças, com cerca de 2 milhões de toneladas de carcaças. Para se obter e incrementar esse número de abates, os animais devem receber cuidados sanitários quando recém-nascidos, como a assepsia umbilical e ingesta de colostro. Manejo zootécnico deficiente provoca onfaloflebites, por invasão microbiana no organismo, causando doenças como diarreias, pneumonias, onfaloartrites, bem como doenças do aparelho urinário (nefrite e cistite). Para conhecer o impacto dessas doenças, foi realizada uma catalogação dos dados de nefrites e cistites registrados pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF) na linha de inspeção do estabelecimento frigorífico Buriti, de Aquidauana, de janeiro a dezembro de 2017. Os dados foram obtidos de arquivos dos abates diários registrados pelos agentes da inspeção. Foram catalogados 102.577 animais abatidos; desses, houve 15.168 casos de nefrite e 8.437 de cistite. Esses índices de incidência destas doenças servem como referência para implementação de orientações, por meio de projetos de extensão, direcionadas aos produtores sobre a necessidade de aprimoramento das práticas de manejo do recém-nascido. Torna-se importante também a necessidade de cuidados no fornecimento de água de qualidade para os animais. Uma vez que os rins são comercializados para consumo humano, o descarte desses órgãos pelo SIF reflete negativamente no faturamento da empresa. O conhecimento dessa realidade, deixa em evidência a importância dos projetos de extensão em parceria da UEMS com a empresa frigorífica. Além de demonstrar essas perdas em números, essa ação vem de encontro com a oportunidade dos alunos do curso de Zootecnia de exercer na prática conceitos teóricos obtidos na vida acadêmica.

Publicado

01/04/2020

Como Citar

Roschel, M. S., Santos, M., & Barbosa, C. da S. (2020). INCIDÊNCIA DE NEFRITE E CISTITE EM BOVINOS ABATIDOS NO FRIGORÍFICO BURITI, AQUIDAUANA, MS. ANAIS DO SEMEX, (12). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/semex/article/view/6839

Edição

Seção

SAÚDE