A PRÁTICA DA AGILIDADE CORPORAL DOS ALUNOS DA UNAMI

Autores

  • Camila da Silva Dill
  • Andressa Raiane Rosatti Clemm
  • Lourdes Lago Stefanelo

Resumo

Introdução: A atividade física vem sendo utilizada, cada vez mais, como um recurso importante para tentar diminuir a degeneração provocada pelo envelhecimento, possibilitando ao idoso manter uma qualidade de vida ativa. A mobilidade engloba vários componentes como agilidade, velocidade e equilíbrio, com a perda dessas funções ocorre um dos principais problemas na vida dos idosos que é a perda da autonomia, tornando-se dependentes de outras pessoas. Nos dias atuais há vários exercícios que possam melhorar o equilíbrio e agilidade, alguns desses exercícios são usados no decorrer do projeto da UNAMI. Objetivos: Avaliar a agilidade e a coordenação motora dos alunos através do teste que será aplicado; Estimular práticas de atividades físicas que melhoram a agilidade. Metodologia: Foi aplicado o teste das três faixas que tem a finalidade de medir a agilidade e coordenação dos participantes e consiste em demarcar 3 faixas de 1 metro de comprimento e 5 cm de largura, paralelas entre e separadas 1,20 metros uma da outra. O testado iniciará o teste da faixa central, que deverá ficar entre os pés, deslocando-se lateralmente, de um lado para outro. Para estimular a prática de atividade física foram ministradas aulas expositivas ressaltando o tema, em cada aula eram realizados exercícios de alongamento e aquecimento junto com a professora orientadora e ao final de cada semestre eram realizadas aulas coreografadas para a apresentação de final de semestre, sempre orientando quando a importância de fazer exercícios corretamente. Resultados: O teste foi realizado com 22 participantes de ambos os sexos, sendo 1 masculino e 21 femininos. O tempo médio gasto pelos participantes foi de 30 segundos. Após a aplicação do teste das três faixas, obteve-se os seguintes resultados: 2 (9.09%) participantes apresentaram habilidade; 3 (13.63%) participantes apresentaram pouca habilidade; 1 (4.54%) participantes apresentaram falha; 16 (72.72%) participantes apresentaram grande dificuldade. Em relação as aulas expositivas, alongamentos e coreografias a prática foi bastante aceita, pois os alunos gostam de praticar exercícios que lhes fazem bem e os exercícios os ajudaram a ficar mais próximos uns dos outros, estabelecendo um convívio social entre os mesmos. Conclusões: Podemos concluir que conforme os autores relatam o envelhecimento afeta muito a vida dos idosos dificultando sua mobilidade física no seu cotidiano. Os idosos apresentaram muita dificuldade em realizar o teste e alguns exercícios. Contudo foi muito prazeroso e gratificante este trabalho pois houve uma participação e diálogo com todos os idosos participantes e muitos aprendizados, a atividade física faz muito bem a todos eles.

Downloads

Publicado

01/04/2020

Como Citar

Dill, C. da S., Clemm, A. R. R., & Stefanelo, L. L. (2020). A PRÁTICA DA AGILIDADE CORPORAL DOS ALUNOS DA UNAMI. ANAIS DO SEMEX, (12). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/semex/article/view/6818

Edição

Seção

SAÚDE