BRINQUEDOTECA ABERTA: A VALORIZAÇÃO DO LÚDICO NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Autores

  • Maria Eduarda Cardoso Sampaio Silva
  • Isabela Araujo Vaca Diez
  • Sabrina Terra Pereira
  • Milene Bartolomei Silva
  • Daniela Cristina de Barros Marcato

Resumo

O projeto de extensão Brinquedoteca Aberta da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, realiza atendimentos às crianças de 4 a 10 anos, uma vez por semana pelos acadêmicos do curso de Pedagogia. De acordo com a perspectiva montessoriana, todo o ambiente da brinquedoteca é direcionado para a independência da criança, tendo os móveis e materiais de acordo com o tamanho e idade, de modo que favoreçam sua autonomia e imaginação. Este espaço é especificamente para que os acadêmicos tenham liberdade de observar e planejar atividades que resultarão no desenvolvimento biopsicossocial do indivíduo por meio do brincar, em todos os ambientes e circunstâncias de vida, além de que, para a criança, esse ambiente oportuniza o lúdico, por meio da concentração e atenção, regras, valores e respeito, operatividade das crianças, equilíbrio emocional e social. O brincar possibilita que a criança descubra sua própria identidade, estimulando sua visão de mundo.

Downloads

Publicado

01/04/2020

Como Citar

Silva, M. E. C. S., Diez, I. A. V., Pereira, S. T., Silva, M. B., & Marcato, D. C. de B. (2020). BRINQUEDOTECA ABERTA: A VALORIZAÇÃO DO LÚDICO NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL. ANAIS DO SEMEX, (12). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/semex/article/view/6718

Edição

Seção

EDUCAÇÃO