CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL PARA A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO RESIDUAL DE FRITURA NA PRODUÇÃO DE SABÃO EM PÓ CASEIRO

Eliane Ferreira de Souza, Mikaelly Nayara Santos, Ronaldo Silva Santos, Cinthia Aparecida de Andrade Silva, Antonio Rogério Fiorucci

Resumo


A utilização do óleo residual de fritura (ORF) pode ser uma alternativa para produção de sabão em pó doméstico. O ORF utilizado como matéria-prima na produção deste torna-se importante porque atrai a atenção da população consumidora devido ao seu baixo custo, além de poder, em potencial, evitar que mais de 200 milhões de litros de óleos usados por mês atinjam os rios e lagos comprometendo o meio ambiente. O presente trabalho fez parte de um projeto de extensão que teve como objetivo a conscientização ambiental para alunos do ensino médio de uma escola estadual, bem como estudo da viabilidade de produção de sabão em pó caseiro utilizando como matéria prima o ORF. Os alunos de quatro turmas do ensino médio da Escola Estadual Álvaro Martins dos Santos coletaram óleo residual de fritura que seria descartado de forma incorreta e a partir desta matéria-prima foi desenvolvido um procedimento simples de produção de sabão em pó. Na produção do sabão, utiliza-se 500 mL de ORF, 125 mL de NaOH líquido (99%) e 125 mL de detergente neutro (vídeo disponível em: https://globoplay.globo.com/v/6120414/). Adiciona-se ao ORF o detergente neutro e em seguida a soda liquida lentamente, homogeneizando por cerca de 5 minutos. Posteriormente, o produto final é colocado em bandejas plásticas por 2 horas para em seguida ser peneirado. O sabão em pó é produzido por reação de hidrólise alcalina de ésteres, os triglicerídeos presentes no ORF. Estes últimos sofrem hidrolise básica a quente, produzindo sais de álcalis de ácidos carboxílicos de cadeia longa, que precisam de um tempo de “repouso”, para efetivação completa da reação. Utilizando apenas 500 mL de ORF obteve-se um rendimento médio de 500 g de sabão em pó, o que evidencia a viabilidade da produção deste por meio da utilização de ORF. Entre as vantagens de se produzir sabão a partir de ORF está à economia de água, pois o sabão feito a partir do óleo reciclado produz menos espuma. Foi constatado que a maioria dos alunos desconhecia a reutilização do óleo de cozinha usado e os prejuízos causados ao meio ambiente por seu descarte incorreto. Ao final do trabalho foi possível verificar um estímulo aos alunos para a utilização desse conhecimento químico prático adquirido.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.