AÇÕES PARA O EMPREGO DA COMPOSTAGEM COMO PRÁTICA SUSTENTÁVEL EM ELDORADO/MS

Paulo Guilherme da Silva Farias, Alessandra Ribeiro de Moraes

Resumo


A compostagem é uma prática sustentável e economicamente rentável, resultando em benefícios, tanto na melhoria da fertilidade do solo, quanto na gestão de resíduos sólidos orgânicos (RSO), uma vez que diminui a quantidade de resíduos enviada a aterros. O descarte inadequado de lixo doméstico provoca impacto ambiental e socioeconômico para a população. Por meio da compostagem, que é a transformação de RSO em matéria orgânica, o composto produzido no final do processo pode ser utilizados como adubo orgânico na agricultura, se processado de forma adequada. Diante disso, o objetivo geral desse trabalho foi divulgar a importância da compostagem como forma de reaproveitamento dos resíduos orgânicos junto aos alunos do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental da Escola Eldorado no município de Eldorado/MS por meio de oficinas didáticas. Para tal, foi investigado o conhecimento que o público-alvo possuía a respeito de práticas de conservação do solo e as formas de disposição de resíduos orgânicos domiciliares. Os questionários de investigação prévia foram elaborados e aplicados em 2017 e as oficinas realizadas no primeiro semestre de 2018. As oficinas consistiram em três encontros com apresentações sobre o conteúdo do projeto usando recursos diversos, como vídeos, banner, jogo de perguntas e respostas (preparado especialmente para a oficina) e a realização de práticas para análise de solo e construção de uma composteira. Após a realização das oficinas, o questionário foi aplicado novamente para verificar a assimilação do conteúdo abordado na oficina. A análise do solo realizada antes e após o emprego do composto orgânico produzido pela composteira da escola objetiva verificar mudanças nas características físicas e químicas do solo, sendo realizada pelo Instituto Federal de Minas Gerais/Campus Barbacena. Até o momento, os resultados da análise prévia indicam que o tipo de solo é de textura média, com um teor de 17% de argila, e 0,97% de matéria orgânica. Por meio da aplicação do questionário antes e após as oficinas, foi possível constatar que os conceitos sobre resíduos sólidos, compostagem e conservação do solo foram apreendidos pelos alunos, uma vez que o percentual de acerto nas questões aumentou de 25% para 74,5%. Diante dos resultados obtidos, é possível afirmar que a realização de ações com o tema da compostagem deve ser intensificada, o que contribuirá para a gestão adequada de RSO.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.