PRODUÇÃO DE MUDAS COMO FERRAMENTA PARA O ENSINO

Philipe Carpinedo Ferreira, Raisa Eduarda Lopes Alves, Adriele Ferreira Marcelino, Maiele Leandro da Silva, Roberto Carlos Seiji Sakissaka

Resumo


A horta inserida no ambiente escolar torna-se um laboratório vivo que possibilita o desenvolvimento de diversas atividades pedagógicas em educação ambiental e alimentar, unindo assim teoria e prática de forma contextualizada, auxiliando de forma significativa no processo de ensino-aprendizagem e estreitando relações através da promoção do trabalho coletivo e cooperado entre os agentes sociais envolvidos. Sobre essa perspectiva a Universidade UEMS Curso de Agronomia, sob a monitoria de um engenheiro agrônomo, buscou através do projeto a implantação de viveiro para o cultivo de mudas, com intuito de influenciar e ser influenciado pela comunidade, possibilitando uma troca de valores entre a universidade e o meio. O referido projeto objetivou levar os alunos ao conhecimento de espaços informais de ensino, trabalhando a importância do cultivo orgânico, estimulando o hábito por alimentos mais saudáveis e o trabalho em equipe produzindo mudas de hortaliças. O projeto foi desenvolvido com os estudantes do Ensino Fundamental e Médio da Escola Estadual Coronel José Alves Ribeiro, de forma a implantar viveiro de mudas, com a participação direta dos estudantes, onde foi oportunizado aos mesmos, experiências desde a montagem do viveiro e replantio de mudas. O cultivo de mudas de hortaliças foi realizado em sementeiras, que por sua vez foi confeccionada com materiais descartáveis. Depois de confeccionada a sementeira, foi realizada a preparação do substrato para iniciação da semeadura. Juntamente com a escola foi feita a seleção das hortaliças e em seguida semeadas numa profundidade adequada, para que todas tivessem as condições para emergir. Todos os procedimentos citados acima foram realizados juntamente com os alunos, desde a coleta dos materiais recicláveis, passando pela confecção da sementeira, preparação do substrato, implantação das sementes, e por fim o cuidar das mudas. Obtivemos como resultado uma diversidade de mudas de hortaliças, as quais foram replantadas e utilizadas na escola. Ao final de nosso Projeto, concluímos que quanto mais oportunizamos o contato dos estudantes com a vivência em relação ao plantio das hortaliças, mais percebemos as mudanças comportamentais em relação à alimentação.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.