CONTEXTUALIZANDO A MICROBIOLOGIA EM ATIVIDADES COTIDIANAS

Micheli Pereira Silva, Virgínia Granja Santos, Cristiane Sulino Gonçalves Francalino, Luciana Gonçalves Azevedo, Elvio Mora Júnior, Emília Maria Silva

Resumo


Os microrganismos são representados por seres na maioria das vezes microscópicos e em diferentes graus de complexidade. As bactérias são unicelulares e tem estrutura relativamente simples. Mais simples ainda são os vírus, acelulares e parasitas intracelulares obrigatórios, pois necessitam de célula hospedeira para sua replicação. Esse trabalho objetivou propiciar aos alunos de 7º ano do ensino fundamental II de uma escola pública na cidade de Dourados, MS, o conhecimento básico sobre vírus e bactérias; identificar as concepções que os alunos apresentavam sobre os assuntos, trabalhar estes temas por meio de abordagem que possibilitasse uma aprendizagem significativa e promover a participação dos alunos nas discussões pertinentes a cada assunto, contextualizando a microbiologia presente no cotidiano dos alunos. Foi feita análise dos conhecimentos prévios dos alunos sobre o assunto por meio de questionamentos. Em seguida exposição teórica sobre bactéria e vírus, com projeção de slides e aula prática sobre bactérias com observação de colônias, com uso de lupas, e observação microscópica de lâminas semipermanentes. Enfatizou-se a importância da microbiologia relacionada a situações práticas vivenciadas pelos alunos. Os resultados obtidos foram os seguintes: na aula teórica sobre vírus e bactérias os alunos foram convidados a realizarem um registro em forma de relato, desenho ou ambos. Nem todos realizaram, pois decidiram prestar atenção. Dos alunos que fizeram essa atividade, 14,3% (2 alunos) apenas relataram, 57, 14% (8 alunos) desenharam, enquanto que 28,57% (4 alunos) fizeram o relato e o desenho. Já na aula prática tivemos uma participação maior dos alunos e praticamente todos realizaram o registro da atividade. Foram apresentados 5 materiais sobre bactérias (3 tipos de colônias) e (2 tipos de lâminas permanentes). A maioria dos alunos fez um desenho representando os 5 materiais: 85,71% (24 alunos), enquanto que na categoria não representou, representou 2 e 4 foram 3,57% (1 aluno), 3,57% (1 aluno) e 7,14% (2 alunos), respectivamente. Constatou-se que a aprendizagem foi real e prática, pois os alunos que participaram, se envolveram ativamente. Eles demonstraram entusiasmo durante todo o tempo da observação e queriam observar cada detalhe na lupa. De acordo com o crescimento visível de microrganismos observado nas atividades práticas, também foi possível fazer uma relação da eficiência de métodos de higiene, limpeza, por meio dos comentários realizados pelos próprios alunos. O mais importante é que eles compreenderam a importância de cuidar da higiene e o porquê dessa ação. Dessa forma, os alunos puderam perceber como os microrganismos estão presentes nas suas vidas, em diversas situações.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.