POR QUE TODOS OS NITRATOS SÃO SOLÚVEIS?

Jéssica da Silva do Carmo, Jandira Aparecida Simoneti

Resumo


Neste trabalho, foram realizadas aulas experimentais sobre solubilidade e os fatores que influenciam na solubilidade das soluções em turmas do Ensino Médio de duas escolas públicas do estado de Mato Grosso do Sul. O ensino médio nas escolas em geral, apresenta deficiência no ensino da Química, que passa, desde a falta de material didático à precária infraestrutura, como por exemplo, a falta de laboratórios específicos funcionais. Em decorrência disso, muitos alunos encontram dificuldades no aprendizado da Química, e na maioria das vezes não conseguem perceber o significado ou a importância do que estudam, e os conteúdos acabam sendo trabalhados de forma descontextualizada, tornando-se então distantes da realidade e difíceis de compreender, não despertando o interesse dos alunos. Diante disso, o objetivo do trabalho foi utilizar atividades experimentais em salas de aula ou laboratórios para que os alunos pudessem executar de forma prática a teoria vista em sala de aula baseando-se no conceito de solubilidade. Primeiramente buscou-se experimentos relacionados com a área de química inorgânica e que pudessem chamar a atenção dos alunos, e posteriormente todos os experimentos foram testados no laboratório de Química didático da universidade. Os encontros foram realizados em duas escolas do estado, sendo que em cada um dos encontros as aulas foram iniciadas com uma breve teoria no Power Point, onde foi possível relembrar os conceitos básicos sobre solubilidade e apresentar como o conteúdo se encontra no cotidiano de todos. Os alunos foram separados em grupos e os roteiros de aula experimental foram entregues para que pudessem acompanhar melhor o experimento, logo em seguida os alunos realizaram os experimentos: Chuva de Ouro e Cristalização do Sulfato de Cobre, experimentos que foram capazes de demonstrar como a temperatura e concentração pode afetar na solubilidade e permitir que uma solução se torne supersaturada e cristalize com a intervenção do fator temperatura. Durante a realização dos experimentos os alunos tiveram o auxílio das acadêmicas para que pudessem sanar qualquer tipo de dúvida, despertar conhecimento e curiosidade. Ao final do projeto foi possível notar um resultado favorável, visto que os objetivos propostos inicialmente foram alcançados e os alunos puderam obter uma boa compreensão dos conceitos teóricos e práticos da área comentada, e uma visão científica mais ampla. Como encerramento do projeto os alunos tiveram a oportunidade de visitar a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e conhecer todos os laboratórios dos cursos de graduação, onde também puderam realizar experimentos organizados pelos bolsistas participantes do projeto e interagir com o meio acadêmico.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.