MINHA EXPERIÊNCIA COMO MONITORA DA DISCIPLINA HISTÓRIA DA ARTE DO CURSO DE ARTES CÊNICAS (UEMS): UMA INICIAÇÃO PARA DOCÊNCIA

Emily Ferreira, Marcos Antônio Bessa-Oliveira

Resumo


O Programa Institucional de Monitoria da disciplina História da Arte – ministrada pelo professor Marcos Antônio Bessa-Oliveira – do 1º semestre de 2018, no curso de Artes Cênicas da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul da Unidade Universitária de Campo Grande, possibilitou o meu primeiro contato como “orientadora” de outros alunos. Sendo assim, o primeiro passo dado para minha prática à docência mesmo antes dos estágios e/ou práticas de ensino que ainda virão. Desta forma, foram realizadas atividades com o objetivo de analisar e orientar aos acadêmicos na escrita e realização dos trabalhos de fichamentos, resumos e relatórios de visitas técnicas solicitados a eles pelo professor no transcurso da disciplina: tais atividades tinham como intenção promover aos acadêmicos fazer uma relação dos movimentos históricos estudados em sala de aula com a produção artística contemporânea de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, visitando vários lugares pela cidade. Nesses estudos monitorados foram esclarecidas dúvidas quanto a recursos gráficos e formatação, como também foram indicados aos acadêmicos da disciplina eventos em que poderiam ser utilizados como lugares de visitas técnicas que foram estabelecidos pelo professor: museus, espaços expositivos alternativos – feiras, mercados, aglomerações de lojas etc – coleções públicas e particulares, arquiteturas, entre outros. Tendo em vista isso, fica imprescindível destacar a importância do Programa de Monitoria como incentivo a implementação da licenciatura para além da ideia do professor escolar tradicional, pois, sem nenhuma dúvida, ficou ressaltada na realização da atividade extracurricular desenvolvida na disciplina de História da Arte a importância do acadêmico monitor envolver-se na ideia estabelecida pelo curso de Artes Cênicas da UEMS desde o início da sua graduação: o acadêmico ali forma-se artista, educador e pesquisador. Portanto, nossa proposta aqui descrita está estabelecida em narrar algumas atividades desenvolvidas, bem como os processos de trabalhos dela e para ela gerados e, de certa maneira, tratar do conceito de artista-professor-pesquisador discutido na JART-2016 realizada no Curso de Artes Cênicas da UEMS. Para tanto utilizaremos de bibliografias publicadas nos anais daquela edição da JART bem como de referenciais culturais e de narrativas biográficas da monitora e do orientador desta ação desenvolvida em conjunto. Pois, entendemos que, a partir disso, podemos reforçar e justificar a urgência de ampliação urgente desse Programa Institucional de Monitoria para um número maior de disciplinas e acadêmicos do curso de Artes Cênicas da UEMS.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.