O ESTUDO DA MICROBIOLOGIA NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Elvio Mora Júnior, Luciana Gonçalves Azevedo, Margareth Batistote, Emília Maria Silva, Cristiane Sulino Gonçalves Francalino, Mirian Xavier

Resumo


A microbiologia é área da biologia que estuda vírus, bactérias, cianobactérias, protozoários, fungos, dentre outros. Seu conhecimento básico é de extrema importância, pois está relacionado com saúde, higiene pessoal e meio ambiente. Na educação básica observa-se que esse assunto é tratado de forma tradicional, discutindo-se em sala de aula apenas a teoria. O objetivo deste trabalho foi levar aos alunos do ensino fundamental esse conteúdo de forma prática e significativa, tendo em vista ser assunto muito abstrato para os alunos da educação básica. A pesquisa foi desenvolvida com duas turmas, A e B, de sétimo ano em uma escola estadual do estado de Mato Grosso do Sul. Os alunos tiveram a teoria com o professor de ciências e a parte prática com os materiais levados para a escola, contendo colônias de bactérias e fungos, cultura de protozoários, de cianobactérias, diferentes exemplares de liquens, cogumelos, orelhas de pau, levedura e algas. Foram realizadas seis aulas práticas com cada turma. Os alunos fizeram relatórios e desenhos dos materiais apresentados, participaram com questionamentos e interação entre os colegas, professores e estagiários. Nas turmas A e B o aproveitamento das atividades práticas (observação, desenho e relatório) foi, respectivamente, de 80,95% (17 alunos) e 90,47% (19 alunos), num total de 21 alunos por turma. Na aula sobre bactérias, cianobactérias e protozoários 76,19% (16 alunos) na turma A fizeram o relatório e o desenho, enquanto que na turma B 85% (18 alunos) realizaram a atividade completa: relatório e desenho. No que diz respeito a fungos e liquens, os percentuais foram similares: na turma A 90,47% (19 alunos) realizaram o desenho e o relatório sobre fungos e líquens, enquanto que na turma B 80,95% (17 alunos) fizeram a atividade solicitada. Importante salientar que esse trabalho promoveu a interação entre a graduação e a educação básica e ambos puderam trocar experiências. Os alunos do ensino fundamental tiveram a oportunidade de aprender na prática os conteúdos de forma significativa, podendo relacioná-los com situações cotidianas; enquanto que os acadêmicos através da preparação e apresentação do material desenvolveram a oralidade, a interação, a prática pedagógica, a fim de estarem se preparando para atuarem futuramente como profissionais da educação, promovendo atividades diferenciadas para o processo de ensino e aprendizagem.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.