ACESSO À INFORMAÇÃO COMO MEIO DE PREVENÇÃO AOS CRIMES SEXUAIS

Tuani Barbara Peruso

Resumo


O projeto de extensão intitulado “acesso a informação como meio de prevenção aos crimes sexuais” teve como finalidade a conscientização dos jovens no que tange aos crimes sexuais, tanto na prevenção quanto na necessária denúncia, tendo em vista que a falta muitas vezes de conhecimento ou informação e até mesmo o constrangimento ou vergonha em denunciar acarretam em grandes danos na vida da vítima. A Proposta foi baseada na divulgação de materiais audiovisuais em redes sociais e materiais impressos em lugares com grande concentração de jovens como universidades, escolas e festas. É de grande importância ressaltar que a APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima) de Lisboa, autorizou o uso, para fins de divulgação, todo e qualquer material disponível no site da associação. Por crimes sexuais podemos caracterizar diversas condutas que tenham como intuito satisfazer a libido do agressor, porém em adultos esses crimes visam, além disso, denegrir e humilhar a vítima, que se sente culpada o que muitas vezes é explicado pelo fato de a sociedade enxergar essa como a provocadora do delito para si, o que acarreta na falta de denúncia e por consequência a impunidade do agressor além de graves prejuízos na vida da vítima. Considerando o grande índice de violência que ocorre em razão de uma cultura, em especial em relação a jovens, que muitas vezes não tem a devida informação que possa levar a conscientização do direito a igualdade e da liberdade de forma a não haver qualquer tipo de abuso, onde com a mudança da lei que determina que a vulnerabilidade pode ocorrer quando a vítima estiver embriagada, por exemplo, sem a possibilidade de consentir, entre outras práticas que determinam o direito de não se submeter a qualquer forma de abuso. O projeto teve como seu maior objetivo buscar a conscientização dos jovens a respeito da prática de crimes sexuais, tanto na prevenção quanto na denúncia. Este projeto de extensão se desenvolveu por método dedutivo, que tendo como base a pesquisa bibliográfica bem como a de campo. Quanto aos resultados pode-se dizer que estes foram satisfatórios, tendo em vista a grande repercussão ocorrida principalmente nas redes sociais, onde se alcançou grande número de acessos, destacando o Instagram. As conclusões que se tiram e da necessidade de continuação das divulgações nas redes sociais tendo em vista a carência de informações entre os jovens, principalmente quanto ao uso de bebidas alcoólicas e a prática de crimes sexuais, além da mudança a lei no que diz respeito ao estupro de vulneráveis.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.