VIOLÊNCIA CONTRA MINORIAS VULNERÁVEIS: RELATOS INICIAIS DE UM DIÁLOGO ENTRE UNIVERSIDADE E SOCIEDADE NO MUNICÍPIO DE PARANAÍBA/MS

Suellen Najara Alves Niedo, Junior Tomaz

Resumo


O trabalho trata-se de um projeto de extensão que teve por objetivo trabalhar com a temática de minorias vulneráveis, a exemplo de mulheres, idosos, populações indígenas, negros os homossexuais. Estes segmentos sociais geralmente são apresentados como minorias por serem grupos afetados pelas desigualdades sociais e negação de direitos. Neste contexto, é necessário mencionar a importância dos direitos humanos, adquiridos através de muitas lutas, como instrumento importante na garantia de direito de igualdade da população trabalhada no projeto. Assim, percebe-se que a democracia brasileira, tendo como valor o Estado Democrático de Direito, está totalmente entrelaçada com a liberdade e igualdade entre os indivíduos. No desenvolvimento do projeto foi possível trabalhar estes aspectos com um diálogo entre a universidade e a comunidade do município de Paranaíba/MS. Para tanto, a metodologia adotada se consistiu na realização de alguns encontros em uma escola pública para mediação de rodas de conversa e distribuição de panfletos informativos. Realizou-se também na UEMS de Paranaíba a 5ª edição do evento “Encontro sobre violência no cotidiano”, durante o qual se discutiu a cidadania e o acesso a direitos de grupos vulneráveis. Houve ainda a participação em grupos de estudos, projetos de pesquisas voltados para o tema e realização de pesquisa documental no CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social) em algumas atividades orientadas com menores infratores. A partir do desenvolvimento destas atividades, pode-se perceber que o diálogo com a comunidade sobre o tema e as ações pontuais são imprescindíveis para promover reflexões, visando diminuir a falta de informação o preconceito e contribuir com a promoção de políticas de enfrentamento da violência.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.