JOGOS DRAMÁTICOS E PROMOÇÃO DA IGUALDADE ÉTNICA

Amanda Macedo Saraiva, Rodrigo Campos de Souza, Lucas Henrique de Barros Paniagua

Resumo


No Brasil, as escolas de ambos os níveis de ensino possuem dificuldades em trabalhar em sala de aula com a temática do respeito a diversidade étnica, devido a falta de recursos didáticos disponíveis para professores e de metodologias que sejam atrativas para os discentes. Falar desta questão atualmente torna-se necessário devido a grande repercussão de casos de bullying relacionados a etnia, envolvendo alunos de escolas públicas e particulares. Considerando estas questões, propomos neste projeto foram trabalhados com jogos dramáticos, envolvendo discussões sobre diversidade étnica a fim de produzir reflexões nas crianças e adolescentes envolvidos sobre suas ações cotidianas em relação a esta questão, já que jogos dramáticos abordam temas de maneira lúdica, oportuniza aos jogadores, desenvolvendo nestes a consciência sobre o respeito a diversidade étnica.

Através de jogos dramáticos, proporcionou as crianças e adolescentes a reflexão sobre os conceitos já adquiridos sobre o respeito a diversidade étnica, propiciando mudança na visão incutida pelos grupos familiares, de amigos, na escola e na sociedade em geral, fazendo-os assim respeitar as características pessoais dos outros, valorizando os novos aspectos que as demais culturas possam vir acrescentar em sua vivência diária. Os objetivos do projeto consistiu em: formação mais integral dos estudantes; Geração de novos projetos extensionistas; Produção do conhecimento; Geração de novas pesquisas; Indicadores/insumos para análise de políticas públicas; Atendimento direto/assistência direta de acordo com as necessidades apontadas pela comunidade atendida; Atividade acadêmica complementar. As ações foram desenvolvidas no abrigo para meninas Casa da Garota em Guia Lopes da Laguna, MS. As atividades se desenvolveram nos finais de semana, quando as meninas estão no seu horário de lazer, e portanto encararam as atividades como momentos lúdicos, mas que também foram utilizados como períodos de reflexão sobre os direitos humanos, principalmente ligados a promoção da igualdade étnica. Os filmes e vídeos elencados e exibidos proporcionaram prazerosos, após os quais as meninas produziram desenhos sobre as cenas que mais as impressionaram e isso resultou o objetivo do trabalho, o qual era que elas esboçassem sua interação ao filme. Usando essa metodologia como um apoio para que o trabalho ocorresse bem.


Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.