Coletando Saberes, obtendo valores: Educação Ambiental e a formação do sujeito ecológico para uma práxis pedagógica

Autores

  • Francisco Carlos Espindola González
  • Valcir Silva de Souza

Resumo

O trabalho busca uma representação socioeconômica e ambiental dos pescadores da Colônia de Pesca Pacheco Rondon Z-2, Coxim-MS, ou seja, suas reflexões quanto aos comportamentos sociais devastadores na relação com os recursos hídricos, principalmente após a revolução industrial. O uso indiscriminado dos recursos naturais finitos compromete às futuras gerações. O meio ambiente fornece amplos benefícios sociais, econômicos e culturais. Este estudo é embasado na metodologia da Pesquisa-ação que deverá promover as concepções dos atores do contexto da pesquisa, os pescadores em mudanças conceituais quanto ao “modus vivendi” e “modus operandi” do grupo de pescadores para uma praxe em Educação Ambiental. Partes dos dados foram alçadas através de questionários contendo perguntas abertas e fechadas, dentro da metodologia da pesquisa-ação. Efetuando assim, uma busca e reconhecimento sócio-ambiental de pescadores como atores ecológicos para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável, acrescidos de suas histórias de vida. Esta metodologia representa uma revolução epistemológica no âmbito das ciências sociais, atribuindo um lugar privilegiado à interação, sensibilidade e implicação humana no processo de conhecimento. Na pesquisa-ação, o pesquisador parte da seguinte concepção: transformar a realidade e produzir conhecimentos relativos a essas transformações. A pesquisa-ação é de natureza prática e poética, é um método apropriado para co-produzir sentidos com todos aqueles que se recusam ser despossuídos de sua existência concreta, econômica, social, cultural e simbólica. Segundo o cronograma de ação, o estudo encontra-se na seguinte forma: (i) Foram alçadas referências bibliográficas quanto à pesca no Brasil e a Educação Ambiental; (ii) Dados históricos da colônia de Pesca Pacheco Rondon Z-2; (iii) Entrevista com os atores da pesquisa, 20 pescadores, sendo 10 homens e 10 mulheres em fase de transcrição; (iv) Apresentação de uma transposição didática pedagógica no Museu Parque temático do Pantanal junto a professores da rede de Ensino Municipal e Estadual. Estes professores encontram-se envolvido no projeto de extensão “Coletando saberes obtendo valores: Educação Ambiental e a formação do sujeito ecológico para uma práxis pedagógica”.

Downloads

Publicado

25/05/2011

Como Citar

González, F. C. E., & de Souza, V. S. (2011). Coletando Saberes, obtendo valores: Educação Ambiental e a formação do sujeito ecológico para uma práxis pedagógica. ANAIS DO SEMEX, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/semex/article/view/208

Edição

Seção

EDUCAÇÃO