A CULTURA ESCOLAR SOB A ÓTICA DO VIDEOCLIPE

Júlio César Bombonatti, Estela Natalina Mantovani Bertoletti

Resumo


A gênese dos estudos da Cultura Escolar tem início nos anos de 1980 e se aprofundam na década seguinte definindo o termo como o conjunto de elementos materiais e imateriais que compõem o ambiente escolar e influenciam os meios externos nos quais ele se insere, levando-nos a considerar a escola não apenas como uma instituição redentora ou reprodutora, mas como produtora de uma cultura própria que é constantemente representada nas mais variadas mídias. O objetivo deste trabalho é compreender como o videoclipe representa, enquanto gênero midiático sincrético, a escola e a Cultura Escolar produzindo um consenso, mesmo que algumas vezes equivocado, sobre essa instituição. Para a realização deste trabalho foram pesquisados e selecionados todos os videoclipes que abordavam o tema “escola” ou “Cultura Escolar” presentes no site Youtube, o que rendeu um corpus de vinte e nove produções de diferentes gêneros artísticos e nacionalidades analisadas à luz de trabalhos e estudos que contemplassem a Cultura Escolar e o gênero videoclipe. Diante do que se pode observar com desenvolvimento deste artigo, a cultura produzida pela escola é representada de diferentes formas sob a ótica dos videoclipes, em alguns casos com uma visão positiva, outrora negativa, mas mostrando sempre essa instituição como um espaço de relações humanas e com características próprias muitas vezes independentes de fatores externos.


Palavras-chave


Escola. Cultura Escolar. Videoclipe. Representação da escola.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN ELETRÔNICO: 2175-8719