DESAFIOS ENFRENTADOS PELOS INDÍGENAS RESIDENTES NO MÉXICO FRENTE À PANDEMIA PELO CORONAVÍRUS

Autores

  • Layane Aiala de Sousa Lopes
  • Caroline Rodrigues Thomes
  • Guilherme Geaquinto
  • Thielle Pimentel Sanglard
  • Bianca Magnelli Mangiavacchi

Palavras-chave:

América Latina; COVID-19; Saúde do indígena; Vulnerabilidade social; Grupos étnicos.

Resumo

Introdução: A pandemia provocada pela infecção pelo vírus SARS-COV-2 originário na cidade Wuhan, na China, infectou um pouco mais de 28 milhões de pessoas, causando mais de 900 mil óbitos, até a presente data. A América Latina foi atingida pela pandemia no final de fevereiro, incluindo as comunidades indígenas rurais da região, onde residem aproximadamente 42 milhões de indivíduos. Cerca de 80% dessa população se concentra em áreas da Bolívia, Guatemala, México e Peru, encontrando-se em situação de vulnerabilidade social. Os serviços de saúde oferecidos para esses grupos étnicos apresentam desafios particulares haja vista os altos níveis de marginalização e diferenças culturais que esse grupo apresenta em relação ao restante da população. Durante as grandes pandemias relatadas na história, os Povos Indígenas tiveram as taxas de infecção mais altas e sintomas mais graves e morte do que a população em geral, devido os determinantes sociais e culturais da saúde e da falta de poder político. No México, a taxa de mortalidade já atinge 10%, número bem superior a países como os Estados Unidos, Brasil e Rússia.  Objetivos: Analisar os desafios enfrentados pelas populações indígenas residente na região do México frente à pandemia pelo coronavírus (SARS-COV-2) por meio de uma revisão sistemática da literatura. Métodos: Foi realizada uma busca bibliográfica no Portal eletrônico PubMed com o uso dos descritores “Covid-19” AND “Indigenous health”. Os critérios de seleção incluíram revisões de literatura, estudos in vivo, editoriais e relatos de casos. Os critérios de exclusão incluíram, capítulos de livros, estudos in vitro e estudos com animais. Após a aplicação dos critérios de elegibilidade, os trabalhos publicados em 2020 foram selecionados para leitura dos resultados. Resultados/discussão: Segundo os trabalhos avaliados, os principais desafios encontrados pela população indígena residentes no México frente à pandemia estão relacionadas com a desconfiança nas autoridades de saúde e o acesso às instalações de saúde que se encontram geograficamente distantes dessa população, a descrença na existência e gravidade da pandemia e suas consequências, a veracidade das informações divulgadas sobre as origens da infecção por COVID-19, o acesso limitado à água potável que, consequentemente, implica no não cumprimento das medidas preventivas básicas. Somado a todos os fatores elencados, a falta de proteção financeira e de responsividade da saúde com uma perspectiva intercultural prejudica a eficácia do tratamento e acompanhamento dessa população. Conclusões: A marginalização, segregação e discriminação dessas tribos estão afetando negativamente sua saúde e bem-estar durante a situação do COVID-19, deve-se, portanto, os sistemas de saúde conter a disseminação do vírus nas comunidades rurais. Apesar da marginalização dos Povos Indígenas frente a COVID-19, as comunidades indígenas estão instituindo suas próprias medidas para gerenciar não apenas a disseminação do COVID-19, mas também para atender às necessidades decorrentes da pobreza, habitação e a insegurança alimentar insegurança diante da relação à extensão iminente da pandemia a todas as comunidades do México e da América Latina.

Referências

MARTÍNEZ, Lorena Díaz de León et al. Critical review of social, environmental and health risk factors in the Mexican indigenous population and their capacity to respond to the COVID-19. Science of the Total Environment, Mexico, v. 733, ed. 1, p. 1-7, 2020.

NAVARRO, Sergio Meneses et al. The challenges facing indigenous communities in Latin America as they confront the COVID-19 pandemic. International Journal for Equity in Health, Mexico, v. 19, ed. 63, p. 1-3, 2020.

Downloads

Publicado

21/03/2022

Como Citar

Aiala de Sousa Lopes, L. ., Rodrigues Thomes, C., Geaquinto, G., Pimentel Sanglard, T., & Magnelli Mangiavacchi, B. (2022). DESAFIOS ENFRENTADOS PELOS INDÍGENAS RESIDENTES NO MÉXICO FRENTE À PANDEMIA PELO CORONAVÍRUS. I SIMPÓSIO DO GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM SAÚDE INDÍGENA DA UEMS, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/gepsi/article/view/8008