ADUBAÇÃO NITROGENADA EM ALGODÃO TRANSGÊNICO NA REGIÃO DE AQUIDAUANA

Francisco Pereira Paredes Júnior, Marcos Antonio Camacho

Resumo


O nitrogênio é o nutriente que o algodoeiro retira do solo em maior proporção. Apresenta maiores índices de utilização e é fundamental no crescimento da planta, principalmente dos órgãos vegetativos. O objetivo deste trabalho é avaliar o desenvolvimento e produção do algodoeiro submetido a diferentes doses de nitrogênio aplicado em cobertura no sistema de manejo convencional do solo. O experimento foi conduzido na Unidade Universitária de Aquidauana da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, em altitude média de 207 metros, sobre um Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico, A moderado, textura média/argilosa. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados, com cinco repetições. Os tratamentos consistiram em doses de nitrogênio em cobertura equivalentes a 0, 40, 80, 120 e 160 kg ha-1. A variedade do algodão Gossypium hirsutum R latifolium) foi o NuOpal®. A fonte de nitrogênio utilizado foi uréia e aplicado em duas etapas: metade coincidindo com a aparecimento dos botões florais (B1 e B3), e metade quando houve o aparecimento da primeira flor (F1). Com aplicação das doses de nitrogênio em cobertura, promoveu um incremento linear na produção de algodão e proporcionou aumento no teor de N total na folha do algodoeiro. Palavras chave: Gossypium hirsutum, nitrogênio, manejo da adubação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.