A ESCOLA MUNICIPAL DO ASSENTAMENTO SÃO PEDRO: ESTRUTURA FÍSICA, MATERIAL E CONCEPÇÕES DAS PROFESSORAS

Patrícia Siqueira Cavalcante, Giana Amaral Yamin

Resumo


Este Estudo de Caso teve como objetivo conhecer aspectos do trabalho desenvolvido por educadoras que atuam nos primeiros anos do ensino fundamental na Escola Municipal São Pedro, localizada no Assentamento São Pedro, em Sidrolândia (MS). Pesquisamos quem são as educadoras, qual é sua formação e que dificuldades encontram como docentes e como cidadãs da reforma agrária. Em relação à Instituição que lecionam, conhecemos um pouco de sua realidade, das suas dificuldades e analisamos alguns aspectos de sua Proposta Pedagógica. Constatamos que, apesar de contar com uma construção adequada, a comunidade tem sua vida afetada pelo parco apoio governamental. Sua localização geográfica afeta o trabalho pedagógico devido à falta de livros, ao acesso a computadores atualizados e a impossibilidade de contratar
professores habilitados, entre outras questões. A pesquisa revela que a Instituição não possui seu currículo voltado para uma educação do/no campo, que, para ser construído,
demandaria uma discussão política e ideológica sobre que rumos a comunidade quer tomar, com a participação da comunidade e dos movimentos sociais.

Palavras chave: assentamentos rurais, educação do campo, crianças, infâncias.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.