Influência do tamanho da semente na germinação e análise morfo-anatômica de plântulas de Cecropia pachystachya Trec. (Urticaceae)

Autores

  • Talita Cristina Larentis
  • Etenaldo Felipe Santiago

Resumo

O  conhecimento  sobre  a  biologia  de  espécies  nativas  é  fundamental  como  subsídio  a
projetos de reposição de cobertura vegetal bem como o manejo destas espécies. Com o
intuito  de  ampliar  o  conhecimento  sobre  a  espécie  foram  estudadas  a  germinação  e  a
morfo-anatomia  de  plântulas  e  plantas  jovens  de  Cecropia  pachystachya  Trec.
(Urticaceae)  provenientes  de  duas  populações  distintas.  Para  os  testes  germinativos
considerou-se  também  o  tamanho  das  sementes.  O  estudo  morfo-anatômico  foi
realizado  a  partir  de  secções  transversais  das  raízes,  caules  e  folhas. O  tamanho  das
sementes  não  foi  um  parâmetro  significativo  para  a  população  Inocência,  no  entanto,
influenciou os percentuais e freqüência relativa para as sementes da população Pantanal.
Ambas as populações não apresentaram diferenças morfo-anatômicas. A procedência da
semente  pode  influenciar  no  seu  comportamento  germinativo  sendo  que  o  caractere
tamanho  pode  ser  importante  para  as  sementes  de  C.  pachystachya  provenientes  de
populações do pantanal.

Publicado

14/10/2015

Como Citar

Larentis, T. C., & Santiago, E. F. (2015). Influência do tamanho da semente na germinação e análise morfo-anatômica de plântulas de Cecropia pachystachya Trec. (Urticaceae). ANAIS DO ENIC, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/enic/article/view/1172

Edição

Seção

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)